Robô encontra câmaras subterrâneas em templo mexicano

As câmaras descobertas poderiam esconder segredos sobre rituais funerários de seus governantes

Cidade do México – A exploração robótica do subsolo de um templo da cidade pré-colombiana de Teotihuacan, nos arredores da Cidade do México, revelou a existência de três câmaras que poderiam esconder segredos sobre rituais funerários de seus governantes, indicou nesta terça-feira um órgão oficial.

“A entrada do robô Tláloc II-TC no último trecho do túnel sob o Templo da Serpente Emplumada, em Teotihuacan, revelou a existência de, pelo menos, três câmaras”, informou o Instituto Nacional de Antropologia e História (Inah), em um comunicado.

A descoberta superou as expectativas dos arqueólogos, que esperavam encontrar apenas uma câmara, destacou o instituto.

Se for confirmada a existência de túmulos nestes espaços, que datam do princípio da nossa era, poderiam ser esclarecidos aspectos dos ritos de Teotihuacan, possivelmente relacionados ao sepultamento de seus governantes ou personalidades de alta hierarquia, indicou o arqueólogo Sergio Gómez, diretor da busca.

A exploração, que consta de um percurso de mais de 20 metros pelo túnel, é a terceira ocasião, em nível mundial, em que um robô ajuda a traçar estratégias de escavação, após o percurso do primeiro trecho deste mesmo túnel de Teotihuacan e de explorações arqueológicas no Egito.

O Tláloc II-TC é composto de um veículo capaz de transpor obstáculos e de um scanner que gera mapas detalhados do trajeto. Ele também conta com um “robô inseto”, que leva uma câmera de infravermelho e desce ao nível do solo por meio de instruções enviadas de um computador.

A próxima etapa do projeto Tlalocan: Caminho sob a Terra consiste na retirada dos elementos que obstruem os últimos 30 metros do túnel.

Teotihuacan, que, na língua náhuatl, significa Cidade dos Deuses, foi uma das maiores cidades da Mesoamérica na época pré-colombiana, e declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco. Sua origem, no entanto, ainda não foi elucidada pelos especialistas.