Rival do Apple Watch, Samsung Gear S2 tem bateria legal

logo-infolab

São Paulo — O Gear S2 é o primeiro relógio da Samsung com design totalmente redondo. Compatível com smartphones da marca e também com outros aparelhos Android, o produto tem preço alto: de 1.899 a a 2.099 reais. Ainda assim, o modelo mais básico sai mil reais mais barato do que o Apple Watch Sport, seu principal rival. 

Em vez da solução do Google, o Android Wear, ele tem o Tizen, um sistema promissor, que já tem alguns aplicativos. Por exemplo, dá para jogar um clone do popular jogo de celular Flappy Bird ou ler um resumo de notícias do Flipboard.

O que esse relógio pode fazer por você hoje é o mesmo que muitos outros já fazem. Ele monitora o seu nível de atividade diária, detectando quando você está andando ou correndo, exibe as notificações de aplicativos do smartphone no pulso e permite interagir com alguns deles, como o de calendário e o de previsão do tempo.

Por 1.899 reais, a fabricante oferece o Gear S2 aos brasileiros como um acessório caro para seu smartphone Android. No entanto, a melhor experiência só é obtida usando o relógio em conjunto com um dispositivo móvel da Samsung, pois a integração passa a ser completa.

Design

Fica evidente a quem vê o Gear S2 pela primeira vez que a Samsung se dedicou a criar um relógio com visual discreto. Ele não é um trambolho, como os primeiros integrantes dessa categoria. São várias as opções de personalização. 

Entretanto, a versão testada pelo INFOlab, com pulseira de silicone, se mostrou frágil e chegou a se quebrar durante o uso diário. A fabricante tem opções de pulseiras mais resistentes e essas são as únicas recomendadas.

O mérito no quesito design vai para a criação da tela totalmente redonda do S2, diferentemente do que acontece com o concorrente Moto 360, da Motorola, que tem uma barra reta na parte inferior do display.

Outro ponto importante sobre o relógio é que ele tem IP68, o que lhe confere proteção contra a entrada de água e poeira. Ele pode ficar mergulhado durante 30 minutos a 1 metro de profundidade. Este, porém, não é um aparelho para mergulho. Ela proteção é um item preventivo para que você possa realizar tarefas do dia a dia, como lavar as mãos ou a louça de casa sem se preocupar em estragar o gadget.

Usar o S2 no dia a dia foi como ter um relógio comum no pulso, mas, claro, com o bônus de ter integração com o smartphone. Ele não incomodou em nenhum momento do dia e se mostrou um bom companheiro de caminhadas e corridas.

Usabilidade

A experiência que tivemos com o Gear S2 não foi diferente do que esperávamos por já termos testado outros relógios, ainda que eles utilizassem sistemas do Google. Para bem ou mal, o S2 com Tizen se parece bastante com outros aparelhos com Android Wear.

Tudo que você faz com o relógio no pulso ficar centralizado no aplicativo S-Health, que é da própria Samsung e vem instalado em alguns smartphones da marca. Essa solução de software, por si só, merece elogio. Ela é bastante completa e intuitiva. Há como anotar tudo que você come, medir níveis de estresse e oxigenação sanguínea, adicionar rapidamente quantos copos d’água ou xícaras de café você tomou e ainda há um campo para que você adicione o seu peso, importante para quem faz dieta.

Com o S2, pudemos medir nossos batimentos cardíacos mesmo sem estar com um dos três Galaxys S6 ou um Note 5 na mão. 

Quando iniciamos uma atividade física de duração mediana, entre 10 e 15 minutos, o smartwatch começa a marcar o tempo como sendo o de um exercício físico e te estimula a continuar. A interface de relógio muda e vemos uma tela verde com o tempo em que estamos realizando o execício. Isso estimula? Um pouco. Mas a força de vontade (e o condicionamento físico) é o fator determinante para continuar a caminhada ou corrida.

Foto por: Divulgação/Samsung

A navegação do sistema é majoritariamente baseada em gestos. À direita, vemos opções do menu e, com mais um deslize de dedo, temos acesso a uma prévia dos mais usados. 

À esquerda da tela inicial, vamos para os últimos apps que mandaram notificações ainda não visualizadas. Passando o dedo de cima para baixo no display, vemos a barra de notificações que dá acesso rápido a configurações como brilho, um modo não perturbe e um player de músicas. 

Há dois botões no Gear S2 e eles parecem ter sido criados com o simples propósito de ligar a tela e desligar ou ativar o aparelho.

Uma peculiaridade encontrada durante os testes é que o S-Voice, um assistente pessoal parecido com a Siri e o Google Now, marca a palavra “galinha” como um palavrão. 

Foto por: Divulgação/Samsung

Com o S2 no pulso, a quantidade de vezes que desbloqueamos o smartphone diminuiu. Ele ajuda a saber se você só recebeu um spam no e-mail ou uma mensagem no Facebook, o que é importante para quem vive com o smartphone no modo silencioso. Também é possível responder algumas mensagens por voz direto do seu pulso, apesar de ser pouco usual vermos pessoas falando com seus relógios por aí. 

E a bateria?

Surpreendentemente, a bateria do S2 tem uma duração legal. Com uma carga completa, foi fácil passar dois dias inteiros de uso com ele. A dica é desligá-lo durante a noite para poupar o fôlego do gadget para o dia seguinte.

Vale a pena?

Assim como o Apple Watch, o Gear S2 é um bom acessório. Mas ele não passa a ser muito mais do que isso. Apesar da sua bateria ser melhor do que a média dos smartwatches com Android, a falta de recursos exclusivos, além do design, não justificam a compra de um aparelho tão caro, sendo que temos opções (menos refinadas, é verdade) por metade do preço. Agora, se você é um fã incondicional do S-Health, dos smartphones da Samsung ou dessa tendência de auto-monitoramento, aí o produto é interessante.

Ficha técnica

Tela 1,2 polegada (360 x 360 pixels)
Chipset Qualcomm MSM8x26 dual-core 1 GHz
RAM 512 MB
Armazenamento 4 GB
Proteção IP68
Peso 63 g
Bateria 300 mAh

Avaliação técnica

Prós Tela redonda, visual discreto e sistema funcional.
Contras A pulseira da edição mais barata é frágil.
Conclusão Relógio indicado para usuários de smartphones Samsung, desde que estejam dispostos a pagar caro.
Configuração 8.0
Usabilidade 9.0
Bateria 9,7
Design 8.5
Média 8.8
Preço R$ 1.899