Rio estimula desenvolvimento de aplicativos sociais

No ‘Rio Apps’, desenvolvedores podem criar projetos de integração de informações públicas

São Paulo – Ciente da penetração cada vez maior de dispositivos móveis entre os brasileiros, a prefeitura do Rio de Janeiro pretende incentivar o desenvolvimento de “aplicativos sociais”, voltados para a melhoria da condição de vida dos cariocas.

Para isso, criou um programa chamado ‘Rio Apps’, no qual desenvolvedores podem criar projetos de integração de informações públicas, acessando o banco de dados da RioTur, Instituto Pereira Passos (IPP), entre outros.

O melhor trabalho receberá um prêmio de R$ 30 mil e terá terá que disponibilizar, gratuitamente, seu projeto por um ano nas lojas de aplicativos. “Este projeto é mais um passo da Prefeitura para tornar o Rio de Janeiro uma cidade digital”, comenta Ricardo Bastos, gerente de negócios da Accedo, empresa responsável pela organização do concurso.

O concurso Rio Apps é a segunda fase do concurso Rio Ideas, que começou em outubro de 2011, quando a população da cidade foi convidada a dar ideias de projetos digitais que pudessem melhorar o Rio de Janeiro.

As inscrições no concurso são gratuitas e podem ser realizadas até o dia 3 de abril neste site. Os finalistas serão conhecidos em meados de junho.