Review: Zenfone 5 tem design de iPhone X, mas bateria deixa a desejar

Com visual do produto da Apple, smartphone Android da Asus melhora, mas bateria ainda é ponto crítico

São Paulo – O Zenfone 5 é o novo smartphone da Asus e uma das principais apostas da marca para o mercado brasileiro em 2018. Com tela de 6 polegadas que ocupa grande parte da frente, o produto se assemelha ao iPhone X, da Apple, e chega até a ter o infame notch, o entalhe (ou franja, como quiser chamar) que fica na parte superior central para acomodar a câmera e dianteira. Confira a seguir o review do celular, que custa de 2.200 a 2.500 reais no Brasil.

Com sistema Android 8.0 e câmera dupla, o Zenfone 5 chega em versões com 64 ou 128 gigabytes de armazenamento interno e suporte para cartão microSD. Assim como poucos, o Zenfone 5 tem reconhecimento facial como um dos métodos de desbloqueio, o que agiliza muito o acesso ao aparelho, apesar de não ser a forma mais segura de proteger seus dados e contas em apps.

Zenfone-5-armazenamento

 (Lucas Agrela/Site EXAME)

O processador Snapdragon 636 da Qualcomm deu conta de todas as tarefas do cotidiano e há também um modo de software chamado Beast Mode, que aumenta o poder de processamento do aparelho quando realizamos testes de benchmarks, que avaliam o desempenho do produto, ou quando jogamos games. A memória RAM também ajuda, é claro, e ela tem capacidade de 4 gigabytes neste produto.

Zenfone-5-back

 (Lucas Agrela/Site EXAME)

Veja os resultados dos testes de benchmark do Zenfone 5 a seguir.

Benchmarks Zenfone 5 Moto Z3 Play Galaxy A8
AnTuTu 140440 111284 114882
Geekbench 4 5469 4773 4012

O Zenfone 5, para todos os efeitos, apresenta uma evolução significativa de design em relação ao pragmático e pouco ousado Zenfone 4, do ano passado. O novo gadget tem o visual à la iPhone X, mas ainda mantém a personalidade da marca ao contar com revestimento em vidro e sensor de digitais na parte traseira, bem no centro, para evitar que você coloque o dedo acidentalmente na câmera, como acontecia no Galaxy S8.

A bateria do smartphone é o seu ponto mais fraco. Em nossos testes, ele conseguiu suportar uma simulação de uso intenso por apenas 5 horas e 45 minutos. Esse tempo é inferior ao da concorrência direta. O Moto Z3 Play, por exemplo, conseguiu 10 horas de uso sob as mesmas condições. O Zenfone 5, portanto, é mais adequado a pessoas que passam o dia no escritório, com uma tomada sempre à disposição. No carro, é melhor sempre ter um carregador veicular ou bateria portátil para não ficar sem usar o Waze em alguma rua da cidade porque a bateria terminou antes do desejado.

Zenfone-5-fotos

 (Lucas Agrela/Site EXAME)

O Zenfone 5 tem câmera traseira dupla (12 e 5 megapixels) com abertura de f/1.8 para melhores registros em locais escuros. As fotos registradas em nossos testes apresentaram boa qualidade no contexto geral do produto, de acordo com sua capacidade declarada e faixa de preço, mas não é possível equiparar os resultados com smartphones topo de linha de hoje, como o Galaxy S9, que faz registros com maior precisão, menos ruído e maior fidelidade de cores.

Veja dois exemplos de fotos. As imagens podem estar comprimidas para a web.

Foto-zenfone-5

 (Lucas Agrela/Site EXAME)

Foto-zenfone-5

 (Lucas Agrela/Site EXAME)

Em termos simples, o Zenfone 5 é bom se comparado com o Z3 Play, vendido em uma faixa de preço semelhante. Ele tem uma série de modos de foto e vídeo e pode até gravar em slow-motion (algo interessante, mas não crie grandes expectativas, são 240 frames por segundo, como no iPhone 6s, de 2015).

A câmera de selfie de 8 megapixels oferece resultados dentro da média e conta com um modo de embelezamento automático de acordo com o seu tipo de rosto. É uma questão de gosto, sempre desativo essas otimizações de software em fotos, mas ele funciona como uma forma de deixar seu rosto mais liso e com aparência de maciez na imagem.

Veja as fotos tiradas com o Zenfone 5 no Flickr.

Vale a pena?

O Zenfone 5 é um smartphone voltado para quem deseja um produto com boas especificações técnicas, design de iPhone X e câmera dupla. A bateria deixa a desejar e isso pode ser um problema na atribulada rotina das pessoas. O Zenfone 5 representa mais um importante degrau que a Asus sobe no mercado de smartphones desde 2014 no Brasil. O aparelho vale a pena, em linhas gerais, por agregar uma série de recursos úteis em um bom design, mesmo que ele não seja integralmente original.

Veja também
Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Wellington Alves

    Que tipo de uso intenso o aparelho foi exposto? Jogo? Vídeo?