Review: XA2 Ultra tem câmera frontal dupla, mas mantém problemas da linha

Smartphone Android da Sony se destaca nas selfies e deixa a desejar em pontos importantes; leia teste

São Paulo – O Xperia XA1 Ultra é um smartphone da Sony que mantém o visual tradicional da marca, mas leva o sensor de impressões digitais para a parte traseira, uma acertada implementação que Asus e LG fazem há anos. Seu principal diferencial é a câmera frontal dupla, algo que temos em poucos aparelhos vendidos no Brasil. Em 2018, seu rival direto é o Galaxy A8, que também tem foco nas selfies.

O preço sugerido do XA2 Ultra é de 2.400 reais. Leia o review do aparelho a seguir.

Design

Sem mudanças drásticas de design, os smartphones da Sony têm pequenas modificações que os deixaram mais elegantes ao longo dos últimos anos. Por exemplo, a parte traseira do XA2 Ultra não tem nada além do reluzente nome “Xperia” e do símbolo–talvez desnecessário–da tecnologia NFC.

Xperia-XA2-Ultra

 (Lucas Agrela/Site EXAME)

Em tempos de telas infinitas ou telas esticadas, com proporção 18:9 em vez do comum 16:9, o display da Sony parece estar datado. É difícil para quem não acompanha o mercado conseguir distinguir que um produto da marca é realmente novo.

Configuração

O XA2 Ultra não tem o processador intermediário mais recente. Ele tem um Snapdragon 630, enquanto o rival Moto Z3 Play já tem o modelo 636. Ainda assim, ele atende bem quando realizamos tarefas cotidianas, como acessar redes sociais, ver vídeos e jogar games leves, como Sonic Forces.

O aparelho não tem reconhecimento facial para desbloqueio de rostos, o que deixa o usuário apenas com as opções tradicionais de autenticação, PIN, senha ou impressão digital.

O espaço de armazenamento é adequado à realidade atual. Conforme o tempo passa, o sistema Android tende a ocupar mais espaço. Por isso, aparelhos de 16 GB hoje já são muito limitados. O XA2 Ultra, porém, vem com 64 GB de espaço interno, dos quais 41,5 GB são realmente livres para o uso. Ou seja, há espaço de sobra para fotos, apps e imagens de bom dia que chegam via WhatsApp.

Nos testes feitos com apps de benchmark, o XA2 Ultra ficou dentro da média, mas foi derrotado pelo Moto Z3 Play.

Câmeras

As câmeras do Xperia XA2 Ultra são os seus melhores recursos. A frontal faz selfies de boa qualidade sob condições de luz natural e, por ser dupla, ela permite escolher entre o modo retrato e um modo para fotos com amigos. Alternar entre as câmeras é muito simples e intuitivo, basta tocar no ícone com um ou três bonequinhos para fazer a seleção.

As câmeras frontais capturam imagens com 16 ou 8 megapixels, mas suas aberturas não são as que mais favorecem a captação de luz em ambientes escuros ou pouco iluminados. Elas são de f/2.0 e f/2.4, respectivamente. Isso ajuda a obter resultados bons em luz natural. Fotos em um dia ensolarado podem ficar ótimas com esse smartphone.

As mesmas considerações valem para a câmera traseira, que faz registros em até 23 megapixels. Os melhores resultados são em ambientes com muita luz.

Os vídeos podem ser gravados em Full HD com até 60 quadros por segundo. Muitos aparelhos filmam apenas com 30 quadros por segundo, mas 60 deixam as cenas em movimento mais suaves e parecidas com o que vemos a olho nu.

Como sempre, esse produto da Sony tem uma série de recursos no app de câmera, sendo um deles um modo de gravação em 4K a 30 fps. Quanto às funcionalidades adicionais do software, se você já viu algum smartphone da marca, ele não tem nenhuma grande diferença nesse ponto.

Veja as fotos tiradas com o XA2 Ultra no Flickr.

Bateria

A duração de bateria tem sido um dos principais problemas dos smartphones da Sony e isso não é diferente neste produto. No teste padrão de EXAME, ele suportou somente 5 horas de simulação de uso intenso. Essa é uma das piores que já registramos, apesar de o processador Snapdragon 630 prometer eficiência energética. Em termos simples, se você usar o smartphone por muito tempo com a tela ligada com brilho no máximo, vai ficar sem bateria antes do fim do dia.

O Moto Z3 Play, que teve uma grande queda na duração de bateria em relação ao seu antecessor, o Moto Z2 Play, conseguiu 10 horas de simulação de uso sob as mesmas condições. Consideramos a média atual da autonomia de bateria para a categoria intermediária em 10 horas, o que deixa o dispositivo da Sony bem abaixo do esperado.

Vale a pena?

O Xperia XA2 Ultra é um produto de nicho. Ele pode ser uma boa escolha para quem preza por boas câmeras frontais, pelo design tradicional e pelos recursos adicionais que a marca oferece, como a integração com o PlayStation. Se esse não for o seu caso, os rivais podem lhe atender melhor.

Veja também
Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Marcos Cardoso

    Em Recife você encontra bateria para celular sony xperia na Casa do Celular.
    https://www.acasaconsertodecelular.com/bateria-de-celular