Review: monitor 4K LG 32UD59 tem apelo para produtividade e jogos casuais

Veja o teste do monitor com resolução 4K da LG

São Paulo – O monitor 32UD59 é o modelo mais recente da LG que tem tela de 32 polegadas com resolução 4K (3840 x 2160). Com preço sugerido de 2.999 reais, o aparelho é voltado para quem deseja ter uma tela grande para aumentar a produtividade e até mesmo jogar games. Confira a análise ponto a ponto a seguir.

Design

O design do produto é pragmático. Com bordas de tamanho médio, sua base com formato côncavo dá a assinatura visual ao monitor da LG. A tampa traseira é sóbria, o que deve agradar ao público que não é entusiasta de monitores coloridos ao estilo gamer.

O 32UD59 foi fácil de montar e desmontar, e o encaixe da base com a tela é firme, o que passa sensação de segurança ao consumidor. Apesar de podermos fazer ajustes de altura na tela, não dá para movê-la para os lados.

Em linhas gerais, o design do produto é bom e deve agradar ao público que busca discrição e praticidade em um monitor.

Imagem

A LG é famosa por suas telas com tecnologia OLED, cujos pontos que compõem a tela podem emitir luz própria quando expostos a uma corrente elétrica, esse monitor 4K é LED, ou seja, usa um painel de retroiluminação para gerar imagens. Para melhorar a exibição do preto e dos nuances de cinza, o 32UD59 tem um modo de melhoria via software que pode ser ativado no menu de configurações.

A fidelidade de cores e a renderização de imagens em 4K ocorreu de modo esperado durante os testes de EXAME e não foram constatadas anormalidades nesses pontos. O monitor pode ser uma boa escolha para assistir a filmes da Netflix ou vídeos do YouTube em resolução máxima. A LG colocou suporte para o protocolo HDCP 2.2 no aparelho, o que oferece a compatibilidade com essas plataformas digitais para a reprodução de vídeos em 4K.

A taxa de atualização de imagem de 60 GHz e o tempo de resposta de 4 ms são características do produto que o tornam menos atrativo para que joga games no computador e preza pelo máximo de qualidade de reprodução gráfica. Tanto é que esse aparelho não é promovido como algo para jogadores profissionais, nem nada do tipo.

Agora, quem tiver uma placa gráfica da AMD no computador ou notebook, poderá, ao menos, ter uma experiência livre de falhas de renderização em jogos por conta da tecnologia FreeSync. PCs com placas da Nvidia não podem tirar proveito do recurso, pois o padrão usado é diferente do adotado pela rival–e se chama G-Sync. O monitor tem até alguns ajustes para jogos no menu de configurações, mas seu apelo nesse sentido é para o jogador casual de games do Steam ou da Origin. Porém, por falta de um notebook com placa da AMD, não pudemos realizar testes com o produto quanto à sua performance nesse ponto.

Vale notar que monitor 4K da LG tem 300 cd/m² de brilho, taxa de contraste de 3000:1 e o ângulo de visão informado é de 178º (IPS).

Vale a pena?

O monitor 4K da LG é voltado para produtividade e entretenimento ocasional. Ele funciona bem, cumpre o prometido e permite que você aproveite todo o conteúdo 4K de plataformas de streaming. Ainda assim, recursos de versatilidade fazem falta ao produto.