Review: LG Gram é peso pena com desempenho de peso pesado

Leve, notebook tem tela grande e processador Intel de 7ª geração

São Paulo – O LG Gram se destaca em um nicho específico: notebooks com tela grande que não são muito pesados.

Traçando um paralelo comparativo com o boxe, seria como se o produto fosse um lutador peso pena com performance de um peso pesado. Ele tem 8 GB de memória RAM e processador Intel Core de 7ª geração e armazenamento em SSD.

Os preços sugeridos do aparelho variam entre 6.599 e 7.999 reais. Confira o review a seguir.

Design

É nesse ponto que o aparelho mais se destaca. Ele consegue acomodar uma tela Full HD de 15,6 polegadas em um corpo fino e com peso de menos de 1 kg. Com esse porte, é fácil levar o Gram na mochila no dia a dia.

LG-Gram-Notebook

 (LG/Divulgação)

Como é um notebook de tela grande, ele também traz um teclado numérico, comum em concorrentes nessa categoria. Há iluminação nas teclas para facilitar a digitação em locais pouco iluminados.

LG-Gram-Review

 (LG/Divulgação)

O trackpad é algo em que a fabricante poderia ter se esmerado mais. Ele é um tanto pequeno para o tamanho do notebook. Fora isso, ele não passa sensação de firmeza no clique, parece ser um componente frágil. Usar um mouse junto com esse produto pode ser uma ideia melhor do que mexer só no trackpad.

As principais conexão estão presentes no aparelho, exceto pela porta para cartões SD. Em vez disso, ele tem suporte para cartões microSD, populares em celulares, mas não em câmeras fotográficas.

LG-Gram-lado

 (LG/Divulgação)

A tela grande IPS LCD pode ser ótima para ver vídeos na Netflix ou offline, mas o posicionamento da webcam foi sacrificado em prol de um display quase sem bordas ao redor. Ela foi colocada na parte central inferior, logo abaixo do logo da LG. Se você usa muito o notebook para fazer chamadas em vídeo, isso pode ser um problema para você.

Configuração

O notebook tem uma configuração topo de linha, apesar de não vir com placa de vídeo dedicada. Seu processador pode ser um Intel Core i7 ou i5 de 7ª geração, depende do quanto você pretende gastar. A variação em função do preço também se aplica no caso do armazenamento em SSD, que pode ser de 256 ou de 128 GB.

O notebook é voltado para a produtividade e para o entretenimento passivo (ver vídeos, basicamente). Portanto, seu apelo não é para o público gamer e, sim, para quem tem perfil de uso corporativo e precisa de um aparelho leve com alto desempenho.

O aparelho tem som estéreo com dois alto-falantes de 0,8W. Apesar de passar a sensação de estar envolvido no conteúdo reproduzido, o áudio poderia destacar mais as frequências graves. Como as agudas e médias predominam, a experiência sonora não é tão boa quanto em outros notebooks desta categoria.

Nos benchmarks, o notebook se saiu bem para sua categoria. Confira.

Benchmark Inspiron 13 5000 LG Gram
Novabench 770 708
Cinebench Open GL: 31.22
CPU: 3.40
Open GL: 22.79
CPU: 2.77
Geekbench 6329 8780

Bateria

A duração de bateria do LG Gram no teste padrão do INFOlab foi de 4 horas de uso. Esse tempo pode ser considerado bom por conta do tamanho e da resolução de sua tela.

O mérito dessa autonomia é, em parte, do processador Intel do produto, otimizado para aliar boa performance a um longo período de uso longe da tomada.

Como toda bateria de íons de lítio, é claro, ela vai se deteriorando com o uso. Depois de cerca de 400 ciclos, a queda de tempo de uso deve ser significativa. A bateria do Gram não é fácil de remover como eram as dos notebooks mais antigos. Será preciso levar o produto a uma assistência técnica para resolver esse problema dentro de alguns anos de uso–ou permanecer com o dispositivo sempre conectado à tomada.

Sistema

O Windows 10 do LG Gram é livre de modificações pesadas. Porém, ele vem com alguns programas da fabricante instalados, como um guia do usuário, um leitor de arquivos de texto, um gerenciador de bateria e um centro de resolução de problemas. Todos os programas são simples de serem usados e ajudam o consumidor a controlar funções comuns do produto e resolver a maioria dos problemas do uso diário.

O Microsoft Office que vem no Gram é o 365, ou seja, se você quiser usá-lo, terá que pagar por isso. Portanto, vale lembrar que a Microsoft tem grande parte dos recursos do Office grátis na internet.

Outra solução pode ser adotar a suíte de produtividade do Google Docs para não precisar gastar mais dinheiro após a compra do notebook. Entretanto, muita gente ainda usa o Office offline, não à toa o pacote de software é o produto mais rentável para a Microsoft.

Vale a pena?

O LG Gram vale a pena para um público específico, que busca tela grande e portabilidade em um notebook com configuração de hardware compatível com o momento atual do mercado. Ele pode ser um ótimo aliado para o trabalho. Seu rival da Samsung, o X51, é muito leve e parecido por dentro (mas vem com GPU para rodar games). Porém, ele não tem a telona que vem no Gram. Por isso, aficionados por telas grandes provavelmente vão comprar esse aparelho da LG em vez de seu concorrente–e não devem se arrepender.

Avaliação

8.3/10

Prós: Boa configuração de hardware, tela grande e extremamente leve para a categoria.

Contras: Não consegue rodar jogos com gráficos sofisticados e trackpad poderia ser melhor.

Ficha técnica

  • Processador: Intel Core i7 7500U (2.70 GHz)
  • RAM: 8 GB
  • GPU: Intel Graphics 620
  • Armazenamento: 256 GB
  • Tela: 15,6 Full HD
  • Conexões: 1x HDMI, 2x USB 3.0, 1x USB 2.0, 1x USB Type-C, 1x Porta P2, microSD
  • Peso: 994 g
  • Bateria: 34,6 Whr