Review: J5 Metal é a opção com melhor custo-benefício da Samsung

Smartphone é campeão de duração de bateria na faixa de preço abaixo dos 2 mil reais

logo-infolab

São Paulo – O Galaxy J5 Metal é um smartphone intermediário que oferece a longa duração de bateria como sua principal vantagem. O aparelho é a evolução do Galaxy J5 lançado pela Samsung no ano passado e compete com celulares de peso, como o Zenfone 3, o Moto G4 e o Quantum Fly. O Galaxy J5 Metal tem preço sugerido de 1.299 reais.

Design

O smartphone tem o revestimento de metal nas laterais como a maior inovação visual em relação ao J5 do ano passado. Isso lhe dá maior robustez para o uso diário e passa a sensação do produto ser diferenciado no mercado intermediário. Quando olhado sob certos ângulos, ele chega a lembrar o design do Galaxy S6, o produto premium da geração passada.

Sua tampa traseira ainda é feita em policarbonato. Se você não gostava dos aparelhos da Samsung quando eles tinham revestimento de plástico, é melhor você buscar um produto um pouco mais caro que tenha revestimento de vidro, como é o caso do Galaxy A5 (que também tem o bônus de vir com sensor de digitais).

A tela de 5,2 polegadas deve agradar quem gosta de aparelhos com telas grandes. No entanto, a resolução pode ser um problema. Ela é HD, enquanto a maioria dos produtos vendidos por volta de 1.500 reais já têm telas Full HD atualmente. Ainda assim, se você só assistir vídeos em HD no celular, a experiência não será prejudicada pelo display.

O posicionamento do alto-falante é pouco convencional. Em vez de ficar no topo ou na parte inferior do aparelho, ele fica perto da câmera. Essa caixinha de som dá destaque para frequências agudas, então, é melhor usar fones de ouvido para escutar músicas (e, claro, há conector para fones na parte inferior do aparelho, como qualquer smartphone comum, exceto o Moto Z e o iPhone 7).

Câmeras

As câmeras são o segundo ponto mais chamativo deste smartphone. Para um produto da sua categoria, ele faz fotos de qualidade razoável. Seu sensor principal tem resolução de 13 MP, com flash e abertura de f/1.9. Ele consegue captar detalhes de cenas com eficácia em ambientes iluminados com luz natural. Sob luz artificial, ele faz um trabalho razoável de captação, lidando relativamente bem com a luminosidade de lâmpadas fluorescentes.

Em termos de comparação, a qualidade das imagens feitas com a câmera principal do J5 Metal é bem próxima das cenas capturadas pelo Quantum Fly.

A câmera frontal conta com uma série de efeitos de imagem, mas poderia oferecer mais definição nas selfies. Em cenas contra a luz, por exemplo, ele não ajusta bem automaticamente a câmera para fazer um bom registro. Porém, como a maioria dos smartphones, ele se dá muito bem sob luz natural. O mais interessante dessa câmera é que seu ângulo de captura é bem grande, facilitando o enquadramento de selfies tiradas junto com um amigo.

Veja as fotografias tiradas pelo INFOlab com o Galaxy J5 Metal.

Bateria

A bateria do J5 Metal é a melhor entre os produtos que custam menos de 2 mil reais. Nos testes do INFOlab, o aparelho suportou 14 horas de simulação de uso intenso. Ou seja, esse smartphone é voltado para quem precisa usar muito aplicativos, e-mails ou redes sociais ao longo do dia – e nem sempre tem uma tomada à disposição.

Se você dormir oito horas por noite e não usar o aparelho ao longo de duas horas durante o dia, a bateria dele deve aguentar até a hora de ir para a cama sem precisar ser conectado a uma fonte de energia. Em parte, isso se deve à tela Super Amoled do produto, que economiza energia sempre que cenas pretas são reproduzidas na tela.

Nesse quesito, o smartphone perde somente para produtos mais caros, como o Meizu Pro 5 e o Moto Z Play, da Lenovo. O J5 Metal é, portanto, uma boa escolha para quem não pretende gastar muito no próximo celular e não abre mão de uma longa duração de bateria.

Configuração

O J5 Metal tem configuração de hardware que o encaixa na gama intermediária de produtos. Ela não é tão fraca quanto a do J1 nem tão forte quanto a do Galaxy S7 edge. Por isso, ele tem itens essenciais para a boa performance no uso de aplicativos como Facebook, WhatsApp, Snapchat, e-mails ou editores de documentos.

O produto tem processador Qualcomm Snapdragon 410 quad-core, 2 GB de memória RAM e 16 GB de armazenamento. O espaço para guardar fotos pode ser um problema desse smartphone. A dica é usar um cartão microSD, que pode ter capacidade de até 256 GB, ou adotar soluções gratuitas, como o armazenamento na nuvem do Google, com o Google Photos, ou na nuvem da Microsoft, com o OneDrive.

Nos benchmarks, testes de desempenho feitos por aplicativos, o Galaxy J5 Metal se mostrou inferior aos concorrentes, dado seu processador de geração passada. No Basemark OS II, o desempenho gráfico (importante para jogos) foi o ponto mais fraco do gadget.

Benchmarks Zenfone 3 Quantum Fly Moto G4 Galaxy J5 Metal
AnTuTu 62672 86818 46199 27834
Basemark OS II 1276 1715 292 603
Geekbench 4 3990 4383 2970 1276
Vellamo 3316 3323 2793 2055

Sistema

O Android Marshmallow com a personalização de interface da Samsung é bem similar ao que já vimos em outros aparelhos da companhia. A principal novidade é que esse produto vem com o economizador de internet da Opera instalado. Chamado Opera Max, o app comprime os dados móveis de acesso a sites não criptografados para que seja possível usar mais a internet sem precisar pagar mais por isso.

Fora ele, há também os aplicativos úteis da Microsoft pré-instalados, como o OneDrive, o OneNote, o Skype e Pacote Office. Tudo pode ser usado gratuitamente.

A Samsung também colocou seus próprios apps no celular. Os mais interessantes são a central de saúde S-Health e o My Knox, que cria um compartimento protegido por senha na memória do dispositivo, viabilizando o armazenamento seguro de informações ou fotos sensíveis.

Vale a pena?

O Galaxy J5 Metal é um smartphone para quem precisa de bateria para o dia todo e gosta de fotografar. Os pontos negativos do produto podem ser facilmente contornados por soluções de software, como é o caso do pouco espaço para guardar fotos. Sendo assim, o J5 Metal se apresenta como um aparelho que preenche a lacuna de custo-benefício dentro do portfólio de produtos da Samsung e que bate de frente com o Quantum Fly, assim como com o Moto G4. Porém, ele vence com folga todos os concorrentes diretos quando o assunto é duração de bateria.

Avaliação

7.9/10

Prós: Boa câmera principal, apps pré-instalados realmente úteis e longa duração de bateria.
Contras: câmera frontal poderia ser melhor, processador da geração passada e pouco espaço para armazenamento.

Ficha técnica

Sistema operacional: Android Marshmallow 6.0
Processador: Qualcomm Snapdragon 410
CPU: Quad-core 1.2 GHz Cortex-A53
GPU: Adreno 306
RAM: 2 GB
Armazenamento: 16 GB + microSD de até 256 GB
Conexões: Wi-Fi 802.11 b/g/n, Wi-Fi Direct, Bluetooth 4.1
Tela: 5,2 polegadas com resolução HD (720 x 1280 pixels)
Peso: 159 gramas
Bateria: 3.100 mAh
Câmeras: 13 megapixels e 5 megapixels
Preço: 1.299 reais