Review: Galaxy Note 8 é o Android mais completo de 2017

Smartphone da Samsung deixa passado para trás ao oferecer o melhor da tecnologia entre os aparelhos Android

São Paulo – O Galaxy Note 8 é um smartphone topo de linha da Samsung que vem com, essencialmente, todos os bons recursos tecnológicos disponíveis hoje em aparelhos com sistema Android. Seu preço sugerido é de 4.399 reais. Leia o review a seguir.

A lista de características é longa, mas a que se destaca nesse produto é a câmera dupla. É a primeira vez que a Samsung coloca isso em um celular, e isso importa porque a fabricante tem lançado dispositivos com câmeras de qualidade acima da média da concorrência.

Galaxy-Note-8-2

 (Lucas Agrela/Site EXAME)

Como esperado, a câmera dupla tem uma função para retratos, que é chamada de Foco Dinâmico. Quando ativo, ele desfoca o fundo da cena, colocando uma ou mais pessoas em primeiro plano. Automaticamente, o smartphone registra duas fotos da mesma cena, cada uma com distância focal distinta. Isso permite que você escolha como fica melhor a sua foto: com ou sem o Foco Dinâmico.

Teste-Galaxy-Note-8-Live-Focus

 (EXAME/Site EXAME)

As cores registradas são levemente frias e pouco saturadas. Com isso, alguns retratos ficam mais parecidos com a realidade, enquanto outros, com muitas cores, ficam menos vívidos do que na vida real. A temperatura e vibração das cores são do gosto de cada um, claro. Para deixar as imagens ainda melhores, em alguns casos, vale usar o app grátis do Adobe Lightroom antes de publicar a foto nas redes sociais.

Apesar do rival iPhone 8 Plus ter mais efeitos para retratos, o Galaxy Note 8 se mostrou melhor em fazer o recorte automático e em destacar pessoas nas fotos. Em testes de EXAME, o produto da Apple em questão apresentou alguns resultados insatisfatórios ao recortar de forma errada pessoas da cena.  

Em termos de detalhamento dos objetos de pessoas fotografadas, o Galaxy Note 8 se saiu bem, posicionando-se como o melhor smartphone Android da atualidade nesse aspecto.

Foto-com-o-Note-8-detalhe

 (Lucas Agrela/Site EXAME)

A câmera, assim como no Galaxy S8, conta com a assistente pessoal Bixby. Ela pode analisar objetos e, por exemplo, encontrar dados sobre vinho que vêm do aplicativo Vivino. Ela também pode encontrar imagens semelhantes àquela que você desejar.

A câmera frontal também tira boas fotos. O Foco Dinâmico, infelizmente, não funciona nesse modo. O que salva é o antigo recurso de foco seletivo da Samsung. Há também o modo de selfie panorâmica, que amplia a capacidade de registrar várias pessoas com a câmera frontal.

Veja as fotos tiradas com o Galaxy Note 8 em alta resolução no Flickr.

Caneta S-Pen

A caneta S-Pen é uma velha conhecida dos fãs da linha Galaxy Note. O smartphone é o último a manter o acessório como um item de usabilidade. Como no passado, o reconhecimento para escrita e para desenho se mostrou ótima para um celular de tela grande.

Um dos recursos mais interessantes da S-Pen são as mensagens animadas. Basicamente, elas consistem na criação de um gif de alguns segundos de duração feito no processo de desenho ou escrita da mensagem. Você pode compartilhar o resultado nas redes sociais facilmente e quem o vir, provavelmente saberá que você tem um Galaxy Note 8, já que esse é um recurso exclusivo do aparelho.

Outra novidade é a capacidade tradutora da S-Pen. Em uma página com palavras em outro idioma, como o inglês, basta pousar a caneta sobre a tela por um instante até que o significado apareça no seu idioma.

Configuração

O Galaxy Note 8 é o smartphone mais sofisticado lançado pela Samsung em 2017. Portanto, a expectativa era de que ele fosse o melhor Android do mercado. Em nossos testes de performance, isso se confirmou. No dia a dia, a fluidez do sistema tornou agradável o uso do smartphone na grande maioria dos casos.

Por dentro, o Note 8 tem 6 GB de memória RAM e processador Samsung Exynos Octa 8895 (litografia de 10 nm)

Em termos de hardware, o ponto mais fraco é a velocidade do reconhecimento facial e da detecção de íris. Ambas poderiam ser melhores. O sensor de impressões digitais, localizado da mesma forma que no Galaxy S8, foi bastante ágil para o desbloqueio da tela.

Galaxy-Note-8-3

 (Lucas Agrela/Site EXAME)

A tela infinita de 6,3 polegadas e de resolução Quad HD (são 391 pixels por polegada) chega a ser mais ergonômica do que a do Galaxy S8+, lançado no primeiro semestre de 2017. O armazenamento interno de 64 GB poderia ser maior, visto que os apps estão cada vez maiores, assim como o espaço ocupado pelo sistema Android.

Vale notar que o Galaxy Note 8, modelo mais avançado já criado pela Samsung, ainda tem o conector para fones de ouvido, diferentemente do que acontece com os aparelhos da Apple e da Motorola desse segmento.

Confira a seguir os resultados dos aplicativos de benchmarks (testes de performance).

Benchmarks Moto Z2 Force Xperia XZ1 Note 8
AnTuTu 158.000 155778 173268
Basemark OS II 3630 2854 3357
Geekbench 4 6628 6031 6769
Basemark X 44268 44646 44356

Bateria

A duração de bateria do Galaxy Note 8 foi melhor do que a do Galaxy S8 e também superou o iPhone 8 Plus nesse quesito. Foram dez horas e meia de autonomia de uso intenso no teste padrão do INFOlab. Já no benchmark AnTuTu Tester, que simula uma rotina mista de uso, a duração foi menor: cinco horas e meia.

Vale a pena?

O Galaxy Note 8 é um smartphone que busca apagar o recall e cancelamento de vendas do seu antecessor, o Note 7. Em grande medida, é por isso que a Samsung buscou oferecer o melhor da sua tecnologia nesse produto. O sucesso nessa criação ficou nítido em nossos testes. Ele é o melhor smartphone Android que testamos em 2017 e um grande rival para os novos iPhones.

Prós: Modo para retratos funciona bem, ótimas câmeras, boa duração de bateria e S-Pen.
Contras: Autenticação biométrica poderia ser mais ágil e posicionamento ruim do sensor de digitais.

9,2