Restaurante inclui QR Codes em seus pratos japoneses

Clientes do Harney Sushi, nos Estados Unidos, são informados sobre a origem dos alimentos que comem

São Paulo – É comum encontrar um enfeite a mais nos já tão ornamentados pratos japoneses do Harney Sushi, em San Diego, nos Estados Unidos. É que a casa comandada pelo chef Rob Ruiz decidiu acrescentar pequenos pedaços de papel de arroz com QR Codes aos pratos. O que é um QR Code? Bem, são aqueles códigos de barras quadrados que podem ser digitalizados por smartphones para acessar informações extras (os leitores de ALFA já estão bastante acostumados a eles, não é?).

Na busca por informações para garantir a qualidade de seus produtos e manter o nível de seus pratos sustentáveis, Ruiz decidiu que os clientes deveriam ter também acesso ao que estão comendo em seu restaurante. Dessa forma, ao acessar o QR Code, os clientes são direcionados ao site do National Oceanic and FishWatch website do Atmospheric Administration (NOAA), que reúne informações sobre a origem do peixe você está prestes a comer.

A cozinha educativa, digamos assim, pode ainda levar o cliente a um glossário completo de peixes na web e ajuda, segundo informações do restaurante americano, a criar novas levas de pescarias sustentáveis​​, já que os consumidores passam a ter informações precisas sobre o que comem. Falando nisso, até mesmo os códigos impressos em papel de arroz que acompanham os sashimis servidos por Ruiz são comestíveis