Quantum Go é um bom smartphone que sai por menos de mil reais

logo-infolab

São Paulo –– A Quantum é uma nova marca de smartphones que fez a sua estreia no mercado brasileiro neste ano com o lançamento do Quantum Go. O aparelho tem processador de oito núcleos, tela de cinco polegadas e suporte para a rede 4G.

Com potência para uso de apps pesados e jogos consideravelmente exigentes, é seguro dizer que o Quantum Go é o melhor celular lançado por uma fabricante nacional até o presente momento. Por trás da marca Quantum está a Positivo Informática, que também vende no Brasil o smartphone Positivo Octa X800.

Design

O visual do Go é muito parecido com o dos aparelhos da linha Xperia, da Sony. Retangular e plana, a traseira do produto se diferencia e se destaca por um brilho que faz o logotipo parecer com um holofote.

Foto por: Luccas Franklin

A parte de trás do produto é feita de vidro com proteção Gorilla Glass 3, da Corning, que também se encontra sobre a tela do aparelho. Essa cobertura ajuda a evitar riscos de chaves e objetos normalmente encontrados na bolsa, na mochila ou no bolso da calça. No entanto, grãos de areia ainda podem fazer um estrago.

Foto por: Luccas Franklin

O display de cinco polegadas tem resolução HD e é Amoled, o que garante um bom contraste nas imagens e uma pequena economia de bateria, já que os pixels não se iluminam nos momentos em que o que é exibido é da cor preta.

A ergonomia do aparelho poderia ser melhor, talvez, sem os cantos proeminentes, apesar deles serem arredondados. Há também um fator sobre o desgin que provavelmente ser o primeiro a ser notado por quem pega o produto na mão pela primeira vez: ele é extremamente leve. Com seus 119 gramas, parece que o Go está sem bateria, mas ela está lá e, aliás, não é removível.

Câmeras

Foto por: Luccas Franklin

A câmera frontal do Quantum Go tem 5 megapixels e oferece recursos que ajudam na hora das selfies. Por exemplo, há uma função chamada Beleza Facial, que tenta eliminar imperfeições da pele. Isso até gera resultados melhores, mas também faz a qualidade da imagem, em termos de qualidade de detalhes, piorar. As fotos ficam um pouco lavadas, como acontece com as fotos tiradas com aparelhos da Samsung, que têm um recurso semelhante.

As selfies ficam com qualidade razoável em ambientes bem iluminados.

Foto por: INFOlab

Com esse gesto, as selfies são capturadas automaticamente.

Foto por: INFOlab

A câmera principal conta com vários modos de fotografia que ajudam quem não sabe lidar com ajustes manuais. Há pré-configurações para cenas noturnas, retratos, retratos noturnos, praia, teatro, fogos de artifício, ação e à luz de velas.

O nível de detalhe das imagens com 13 megapixels não é dos melhores. Ainda assim, ele pode ser considerado bom, no contexto geral do smartphone, uma vez que esse é um produto de menos de mil reais.

Foto por: INFOlab

Os vídeos são gravados em Full HD, mas não há estabilização óptica. O melhor resultado que você pode obter com esse aparelho para uma filmagem é deixando-o em um local fixo, já que ele não se sai bem como uma câmera de mão.

Configuração

O Quantum Go tem chipset MediaTek MT6753, que usa CPU octa-core de 1,3 GHz, 2 GB de memória RAM, bateria de 2.300 mAh, Wi-Fi padrão N e suporte para a rede 4G.

Quem quiser pode usar dois chips de operadoras do aparelho.

Nos testes de desempenho feitos por aplicativos, os benchmarks, o Go se saiu bem e chegou perto de concorrentes mais caros.

Sistema

O sistema operacional do Quantum Go é pouco modificado em relação ao Android puro, exceto pela câmera. Há também alguns aplicativos pré-instalados. Mas eles não estão lá por causa de uma parceria com outras empresas, como faz a Asus. Estão lá porque são úteis para os usuários, na visão da fabricante.

Foto por: Reprodução/INFOlab

O DashCam transforma o seu smartphone em uma câmera veicular para que você possa filmar o percurso enquanto estiver dirigindo e, quem sabe, capturar cenas incríveis, como aquela do meteoro na Rússia.O Play DTi permite assistir TV digital, padrão 1-seg, enquanto o Rádio FM permite que você ouça a sua estação favorita.Uma modificação do Android feita pela Quantum é a adição do atalho para fechar todos os aplicativos em execução. Esse recurso se apresenta quando clicados no botão multitarefa do Android.

Bateria

A duração de bateria do Quantum Go foi boa para a sua categoria de produtos, segundo avaliação do INFOlab. O produto aguentou por mais de oito horas o nosso teste (8h22), uma marca que somente o Xiaomi Redmi 2 havia conseguido, entre os produtos de menos de mil reais.

Vale a pena?

O Quantum Go é um excelente smartphone pelo preço que custa. Esse é o primeiro dispositivo móvel realmente bom lançado pela Positivo. Há alguns pontos fracos no produto, mas ele atende bem o consumidor que preza pelo design, pela bateria e pela perfomance. Se você tem menos de mil reais para gastar em um smartphone, o Go é uma boa escolha.

 

Ficha técnica/Avaliação técnica

AnTuTu (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
Quantum Go 36159
Zenfone Selfie 36971
Vellamo (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
Quantum Go 2145
Zenfone Selfie 2242
3D Mark (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
Quantum Go 6912
Zenfone Selfie 7361
Geekbench (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
Quantum Go 2960
Zenfone Selfie 2471
Basemark OS 2 (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
Quantum Go 853
Zenfone Selfie 308
GFXbench 3.0 (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
Quantum Go 2.9
Zenfone Selfie 5.5
Sistema Android 5.1 Lollipop
Chipset MediaTek MT6753
CPU 8 ARM Cortex-A53
Memória RAM 2 GB
GPU Mali-T720
Armazenamento 32 GB + microSD de até 32 GB
Tela 5” HD
Câmeras 5 MP e 13 MP
Conexões A-GPS, 4G, Wi-FI padrão N
Peso 119 g
Bateria 8h22
Prós Bom design, duração de bateria legal e suporte ao 4G.
Contras Ergonomia poderia ser melhor.
Conclusão Ótimo smartphone para quem tem menos de mil reais para gastar.
Configuração 8,2
Usabilidade 8,8
Foto 7,5
Bateria 8,7
Design 9.3
Média 8.7
Preço R$ 899