Qualquer usuário de Mac poderá testar novidades da Apple

Novo programa da Apple permite que qualquer usuário de computadores da empresa teste programas antes de serem lançados para o público em geral

São Paulo – A Apple lançou um novo programa de parceria com usuários de seus equipamentos. O programa Beta Seed permite que qualquer usuário de computadores da Apple possa ajudar a testar as novas versões do sistema operacional Mac OS X, antes que ele seja distribuído ao público em geral.

A Apple tem oferecido a possibilidade de que usuários testem apenas pequenos aplicativos—já passaram por testes apps como o FaceTime e o navegador Safari. Há quase 15 anos, era possível testar o OS X, mas era preciso pagar uma taxa de quase 30 dólares para isso.

Agora, basta ter um iMac ou um notebook da empresa com o sistema atualizado para se candidatar. Além disso, é preciso ter mais de 18 anos e ter uma Apple ID (a mesma usada para baixar aplicativos da App Store).

O usuário deve concordar com uma série de restrições da Apple. Os termos dizem que ao aceita-lo, o usuário não tem direito de “copiar, reproduzir, publicar em blogs, divulgar, transmitir ou disseminar de qualquer forma informações confidenciais da Apple”.

Para fazer os testes, é preciso instalar um programa no computador, o “Beta Access Utility” (utilitário de acesso beta, em tradução). Tanto o cadastro quanto o download podem ser feitos no site da Apple.

Tomando como base a pouquíssima abertura da Apple com produtos ainda não lançados, é difícil imaginar que o programa dê acesso a novidades muito quentes. Mas parece um primeiro passo para diminuir a centralização e os segredos da empresa.