Publicação do edital de 700 MHz deve atrasar de novo

A Anatel já decidiu internamente não publicar o edital sem o aval do TCU, pelo risco inerente à modelagem proposta

São Paulo – O Tribunal de Contas da União (TCU) retirou da pauta reservada da reunião que aconteceria nesta quarta, 6, o julgamento da análise do edital de venda da faixa de 700 MHz, que será utilizada para banda larga móvel em quarta geração (4G).

Com isso, é certo que o edital deva ser publicado apenas na próxima semana, ou depois, a depender das demandas da equipe técnica do TCU.

Segundo apurou este noticiário, a Anatel ainda não tem mais detalhes sobre as razões do novo atraso, mas entrará em contato com o TCU para prestar os esclarecimentos necessários.

Assim, o leilão acaba sendo empurrado para meados de setembro, um pequeno atraso em relação às expectativas iniciais do governo.

A Anatel já decidiu internamente não publicar o edital sem o aval do TCU, pelo risco inerente à modelagem proposta.

Na semana passada, foram prestados vários esclarecimentos aos técnicos e ministros do Tribunal, e o julgamento chegou a ser marcado para esta semana.

O novo adiamento é um contratempo com o qual a Anatel não contava.