Procon notificará Microsoft por erro no preço do Windows 8

Atualização do Windows foi disponibilizada com preço diferente do anunciado

São Paulo – O Procon de São Paulo comunicou em seu site oficial que vai notificar a Microsoft sobre o erro na venda digital do Windows 8 Pro. A empresa havia prometido vender o sistema operacional via download por R$ 69, mas ao efetuar a compra, os clientes se depararam com o valor de R$ 83,98. 

As vendas do novo sistema operacional foram interrompidas na manhã da sexta-feira para correção do problema.O órgão exige que a empresa apresente o material de divulgação contendo os preços e condições de venda do produto Windows 8 no valor correto até a próxima quinta-feira, dia 31. 

Além disso, a entidade pede que ela divulgue informações aos usuários que se inscreveram no programa de upgrade, quantos consumidores já compraram no valor atual e qual será a política de devolução dos valores eventualmente cobrados indevidamente, se diferentes da oferta.

O Procon também orientou os consumidores que quiserem fazer uma reclamação a procurar uma unidade do órgão em sua cidade ou pedir orientação pelo telefone 151, somente para a capital paulista.

A Microsoft diz que está elaborando uma solução para o problema. “A Microsoft Brasil informa que identificou o erro no valor cobrado pela atualização do Windows 8 Pro via download. Tão logo identificado o problema, o site foi retirado do ar. A empresa está trabalhando na solução dessa questão e pede desculpas pelo inconveniente causado”, diz uma comunicado enviado a EXAME.com pela assessoria de imprensa da empresa.

Atualização (29/10/2012 – 9:00)

A Loja online da Microsoft já está funcionando normalmente, com o preço do Windows 8 corrigido. A empresa enviou esta mensagem a EXAME.com: “A Microsoft Brasil informa que a compra via download da versão de atualização do Windows 8 Pro foi normalizada. A empresa pede desculpas por qualquer inconveniente causado e informa que tomará as devidas providências em relação aos clientes afetados”.