Planejamento evita comentar vazamento de dados

IBGE deixou vazar antecipadamente o IPCA de outubro nesta quinta-feira

Brasília – O Ministério do Planejamento, a quem o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) é subordinado, não quis comentar o vazamento sobre o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de outubro, que, por uma falha no sistema, acabou sendo divulgado hoje ao invés de amanhã como programado.

Segundo a assessoria do Ministério, o IBGE já distribuiu uma nota e as explicações serão dadas amanhã em conversa com jornalistas no Rio de Janeiro. O IBGE divulgou nota esclarecendo que uma “falha no sistema de publicação de informações” na sede do instituto hoje à tarde permitiu a divulgação antecipada da pesquisa.