Peugeot planeja carro movido a ar para 2016, diz site

O sistema funciona usando um motor automotivo comum, hidráulica especial e uma caixa que comporta os cilíndros de ar que armazenam e liberam energia

São Paulo – A Peugeot planeja um carro híbrido movido a gasolina e ar comprimido, que pode chegar ao mercado europeu em 2015. Baseado no modelo 208, a empresa diz que o carro poderá causar uma redução de 80% no consumo de combustíveis fósseis. As informações são do Daily Mail.

O sistema funciona usando um motor automotivo comum, hidráulica especial e uma caixa que comporta os cilíndros de ar que armazenam e liberam energia. Sendo assim, é possível que o carro seja movido com gasolina, com ar comprimido ou com uma combinação dos dois. 

No entanto, a potência do motor é afetada e o veículo alcança a velocidade máxima de 69 km/h. A montadora justifica que o automóvel é voltado restritamente para o uso em grandes cidades, já que velocidade média nesses pontos normalmente não passa desse limite em 60% ou 80% dos casos.Usando a combinação de combustíveis, o 208 chega a 112 km/h.

A criação desse sistema híbrido é importante porque ele dispensa a necessidade das baterias caras dos carros elétricos — portanto, o novo 208 Air será mais barato do que os demais híbridos do mercado (cerca de 1 mil euros na Europa, o que equivale a 3.210 reais atualmente.

Nos últimos dois anos, cerca de 100 cientistas e engenheiros da Peugeot trabalharam em segredo na cidade de Velizy, ao sul de Paris, para criar uma forma eficaz de mover veículos com ar comprimido. Um porta voz da empresa disse ao Daily Mail que esse serão carros voltados para o consumo, não máquinas complicadas.