PetChannel estreia em junho com conteúdo 100% em 4K

A ideia é aproveitar um mercado de cerca de 50 milhões de donos de pets no país, em um segmento que gira R$ 16,6 bilhões anuais e cresceu mais de 9% em 2014

São Paulo – O Brasil terá mais um canal nacional independente a partir de junho, e o primeiro produzido integralmente em 4K (ultra alta definição). Os engenheiros eletrônicos Nelson Faria e Julio Caruso se juntaram para criar o PetChannel, canal por assinatura voltado ao universo dos animais de estimação.

Faria foi diretor de tecnologia na Globo até o ano passado, e Caruso é sócio da Centeio Informática, uma das principais empresas de closed caption do Brasil.

A ideia é aproveitar um mercado que envolve hoje cerca de 50 milhões de donos de pets no país, em um segmento que gira R$ 16,6 bilhões anuais e cresceu mais de 9% no último ano.

“O Brasil tema  segunda maior população mundial de cães e gatos”, conta Gil Mazziotti, diretor do canal, também ex-Globo, onde comercializava ações de merchandising.

O investimento até agora é dos próprios sócios, mas o canal busca investidores externos.

O canal optou por produzir seus próprios programas inicialmente, mas pretende usar bastante a produção independente também, conta Mazziotti.

Na estreia, serão 20 programas originais, com dois programas inéditos por dia. O restante do tempo será preenchido com animações e filmes que tenham a temática animal.

A direção de produção está a cargo de Mario Rogério Ambrósio, outro ex-profissional da Globo, onde produziu eventos como carnaval e “BBB”.

“Como os sócios vêm da área de engenharia, conseguimos montar uma produção com custos baixos, usando boas soluções tecnológicas”, ressalta Mazziotti.

A produção em 4K já chamou a atenção de canais internacionais, diz o executivo, e o PetChannel deve levar alguns programas ao MipTV, que acontece em abril em Cannes, antes mesmo do canal estar no ar, para comercialização internacional. Ainda não há negociação em curso para a distribuição do canal junto às operadoras.