Pesquisadores criam algoritmo que remove reflexos de janelas de fotos

A tecnologia quebra uma imagem em vários pedaços para definir quais partes são um reflexo

Pesquisadores do MIT desenvolveram um algoritmo que percebe e remove automaticamente reflexos em uma imagem.

Para que o algoritmo criado pela equipe liderada pelo pesquisador YiChang Shih funcione, a janela que produz o reflexo precisa ser de vidro duplo, conhecido como “termoacústico”, mais grosso do que o convencional.

Isso porque o vidro duplo produz dois tipos de reflexo levemente distorcidos, que o algoritmo usa para definir quais partes da imagem são um reflexo indesejado e, no passo seguinte, aplicar as correções necessárias para removê-lo.

A técnica também funciona com vidros mais grossos, por causa da distância entre as superfícies interna e externa do vidro, que também produzem dois reflexos desalinhados.

O algoritmo usa uma técnica que quebra uma imagem digital em blocos de pixels de 8×8, ajudando a definir quais deles fazem parte de um reflexo e, portanto, devem ser retirados da figura final.

Segundo Shih, a ideia é vender a tecnologia para fabricantes de câmeras, fazendo com que elas eliminem automaticamente os reflexos de uma foto tirada atrás de uma janela. Outra opção é instalar o algoritmo em softwares de edição de imagem.

Mas também existe um uso militar para a tecnologia. Com o algoritmo, drones (e outros tipos de robôs) tornam-se capazes de enxergar através de janelas sem se confundirem ou entenderem errado o que está do outro lado.

Fonte: MIT