Pesquisa mostra o que motiva brasileiro a trocar de smartphone

Na maioria dos casos, compra é para uso pessoal e acontece em lojas físicas–não sem antes muita pesquisa online

São Paulo – A maioria dos brasileiros procura um novo smartphone que ofereçam experiências melhores do que as de seus aparelhos atuais. É isso que indica uma pesquisa da consultoria Millward Brown, encomendada pelo Google.

Enquanto a parcela de pessoas que procuram dispositivos mais sofisticados é de 49%, 33% das compras são motivadas por quebra, 13% são em razão de perda ou furto, 3% são presentes e 2% são aparelhos adicionais.

O estudo indica que as vendas de celulares acontecem mais em lojas físicas do que no e-commerce (54% contra 46%). No entanto, a internet tem um papel crucial na decisão de compra. Ao chegar às lojas, 93% dos consumidores sabem o que vão comprar (55% têm certeza do modelo, enquanto 3% consideram duas ou três opções).

Os motivos para a venda dos smartphones ainda ser maior no ponto de venda se resume a cinco pontos: possibilidade de mexer no produto; promoção na loja; facilidade de atendimento; segurança; isenção da cobrança de frete; mas a maior razão é o desejo de ter o aparelho em mãos imediatamente após a compra.

O levantamento mostra ainda que o tempo de escolha do novo smartphone é de, em média, duas semanas e 79% das pessoas realizam buscas online para encontrar mais informações sobre os dispositivos que consideram adquirir. A ferramenta de buscas do Google e o YouTube estão entre os recursos mais usados nesse processo de decisão.

Por que o Google encomenda esse tipo de estudo? “Uma das iniciativas do Google é ajudar os varejistas a fazer essa ligação de O2O (online com offline). Tentamos entender melhor como o consumidor age ao pesquisar online e fazer a compra offline”, responde Rafael Campion, líder de inteligência de mercado do Google, em entrevista a EXAME.

Com dados sobre isso, a empresa pode otimizar as campanhas de produtos com foco em vendas offline em suas plataformas de anúncios–de onde a companhia tira grande parte da sua receita.

Veja também