Penetração da telefonia fixa cai 47,5% em três anos no país

Taxa de penetração caiu de 47,5% em 2010 para 34,8% em 2013 nos domicílios brasileiros

São Paulo – A penetração do serviço de telefonia fixa no Brasil caiu 23,3% em três anos, de acordo com levantamento Comtech divulgado nesta quinta, 17, pela empresa de pesquisas de consumo Kantar Worldpanel. A taxa de penetração caiu de 47,5% em 2010 para 34,8% em 2013 nos domicílios brasileiros, o que confirma a tendência de queda já observada na receita das operadoras, refletindo a queda recorrente no uso do telefone fixo. A pesquisa utiliza dados da Anatel.

Isso não significa, entretanto, que a população está se comunicando menos. Dispositivos móveis e os serviços fixos de TV por assinatura e banda larga registraram crescimento. Segundo a Kantar, a penetração de smartphones cresceu 185,3%, saindo de 4,5% em 2010 para 12,6% em 2013. A adoção de tablets aumentou mais (689,3%), mas porque era um mercado quase inexistente em 2010, quando registrava 0,1% de penetração (índice de 1,1% atualmente).

As outras modalidades de conexões fixas também cresceram. A penetração de TV por assinatura saiu de 22% para 36,8% em três anos, um salto de 74,9%. Já a banda larga fixa subiu 41,7% no período, saindo de 37,1% para 50,2%.