‘Pau de Selfie’ está proibido no sambódromo do Anhembi

"Foi uma orientação da Polícia Militar, por questões de segurança", explicou o secretário municipal de turismo e presidente da SP TURISMO, Wilson Poit

São Paulo – Um dos acessórios do momento, o ‘pau de selfie’, usado para que as pessoas possam tirar fotos próprias com uma distância maior, não poderá ser usado no Anhembi. “Foi uma orientação da Polícia Militar, por questões de segurança”, explicou o secretário municipal de turismo e presidente da SP TURISMO, Wilson Poit.

“Espero que tenhamos um carnaval tranquilo. No ano passado recebemos 130 mil pessoas em todos os dias de desfile e só tivemos três ocorrências policiais”, disse.

Campanhas

Além da já tradicional campanha de prevenção à transmissão do HIV, a Prefeitura de São Paulo colocou em prática no carnaval deste ano uma campanha de combate à dengue. Os auto falantes do sambódromo do Anhembi alertam os foliões para o aumento do risco da doença na cidade. “O risco aumentou e a sua responsabilidade também”, avisa.

Presente na primeira noite de desfiles, o secretário municipal de saúde, José de Filippi Júnior, defendeu a ideia. “É um momento oportuno para a campanha”, disse o secretário, que afirmou que a prefeitura estima que o número de casos fique abaixo dos 90 mil.

Além da campanha contra a dengue, a São Paulo Turismo (SPTuris) está preocupada com a economia de água. O secretário de turismo disse que a pressão de torneiras e descargas foram reduzidas, assim como o tempo de abertura das torneiras.