Paris inaugura serviço de bicicletas públicas para crianças

O projeto 'P'tit Vélib'' terá 300 bicicletas distribuídas em cinco pontos da cidade espaço verde

A prefeita de Paris, Anne Hidalgo, inaugurou nesta quarta-feira sobre a margem do rio Sena o novo serviço de bicicletas públicas projetadas para crianças, sete anos depois que a prefeitura lançou a versão adulta da ideia, o “Vélib'”.

O projeto “P’tit Vélib'” terá 300 bicicletas distribuídas em cinco pontos estratégicos da cidade escolhidos por seu isolamento do trânsito e pela abundância de espaços verdes, como as florestas de Vincennes e Boulogne e o canal de Ourcq.

Há quatro modelos disponíveis: desde o menor sem pedais para crianças de 2 a 4 anos, passando por outro com rodinhas nos lados, até o maior para os que beiram os 10 anos, idade máxima para usar o serviço.

A principal diferença entre o “P’tit Vélib'” e sua versão adulta é que empresas concessionárias se encarregarão de seu aluguel e não se poderá chegar livremente a ele através de estações situadas pela cidade, como já ocorria com seu irmão mais velho.

Os horários de acesso dependerão das empresas que o administram, mas todas oferecem o serviço nos fins-de-semana e nas quartas-feiras, dia de descanso escolar na região parisiense, por tarifas que oscilam de 4 euros por hora a 10 euros por um dia completo.

A prefeitura também porá à disposição dos pais monitores especializados para ensinar aos menores conceitos básicos na utilização da bicicleta, como manter o equilíbrio ou aprender a frear.

Os veículos foram fabricados pela mesma empresa que criou o serviço para adultos, e o projeto foi financiado por uma fabricante de bebidas, por isso não representou nenhuma despesa para a prefeitura.

As bicicletas públicas da capital francesa representam cerca de 40% dos deslocamentos com esse meio de transporte, com mais de 250 mil assinantes e 700 quilômetros de ciclovias através da cidade.