Orkut fecha hoje, mas usuários fiéis ainda acessam o site

Fora do ar a partir de amanhã, o Orkut ainda conta com usuários que acessam o site regularmente

São Paulo – Hoje é o último dia de funcionamento do Orkut. O site foi a primeira rede social de muitos brasileiros e vai deixar saudade naqueles que ainda o acessam com frequência.

Esse é o caso de Tiago Fernandes. Em entrevista a EXAME.com, ele afirmou que acessa o Orkut de quatro a cinco vezes por semana. Segundo ele, ainda há muito o que fazer na rede social.

“Converso em chat, interajo com os amigos pelas atualizações e mensagens, envio e respondo scraps, uso os apps de lá e interajo nas comunidades”, afirmou Fernandes. E ele não é o único que ainda usa o Orkut.

Blogueira e administradora do site Nosso Português, Monique Paulenak afirmou em entrevista a EXAME.com que acessa o Orkut, em média, uma vez por semana. Nessas ocasiões, ela visita diversas comunidades para debater temas de seu interesse em fóruns.

“Entrei na rede social em 2005, quando recebi o convite. Acessava o Orkut diariamente até 2008, fiz muitas amizades, foi um tempo maravilhoso na rede”, afirmou Monique. Porém, ela e Fernandes têm opiniões divergentes sobre o fim do Orkut.

Para ele, o fechamento do site é um “desrespeito” com os usuários, que teriam uma “história” armazenada nas páginas do Orkut. Entretanto, Monique entende que a rede social “já deu o que tinha que dar” e diz que não se surpreendeu com o anúncio de fechamento do site.

Tanto Monique quanto Fernandes têm páginas no VK, uma rede social russa que tem atraído muitos usuários em função das semelhanças com o Orkut.

Fim

Decretada em junho pelo Google, a morte do Orkut acontece após 10 anos de internet.

Em nota, o Google afirmou que a razão para a desativação do Orkut é o crescimento de outros serviços da empresa – como Blogger, YouTube e Google +.

A partir de amanhã, os usuários com contas no Orkut não poderão mais acessar seus perfis. Entretanto, as informações armazenadas pelas pessoas no site poderão ser baixadas por meio da ferramenta Google Takeout até setembro de 2016.

Além disso, o Google pretende criar uma espécie de museu online no qual será possível visitar as discussões realizadas em comunidades abertas.

Segundo dados da ComScore, cerca de 4 milhões de brasileiros ainda acessavam o Orkut regularmente em junho deste ano.

É muito pouco frente aos números do Facebook, principal concorrente do Orkut – que contava com 83 milhões de usuários ativos no Brasil em dezembro do ano passado.