Novo projeto do Google tentará mostrar como seria um ser humano completamente saudável

ssim que a pesquisa avançar, conselhos da Universidade de Duke e da Universidade de Stanford irão controlar a forma como a informação é utilizada

O Google X – grupo de pesquisas do Google – está coletando informações sobre a saúde de diversos voluntários para mostrar o que seria um ser humano perfeitamente saudável. As informações são do Wall Street Journal.

O projeto, intitulado “Baseline Study”, começará coletando informações genéticas e moleculares de 175 voluntários – e depois, de mais milhares deles – para criar o que a companhia espera ser o modelo mais completo do que seria um ser humano totalmente saudável.

A pesquisa começou com exames avaliando fluidos corporais dos voluntários, como urina, sangue e lágrimas. O Baseline Study não será restrito a uma doença específica e coletará diferentes amostras usando uma grande variedade de novas ferramentas.

Assim que a pesquisa avançar, conselhos da Universidade de Duke e da Universidade de Stanford irão controlar a forma como a informação é utilizada. “Esta é certamente uma questão que está sendo discutida”, disse Sam Gambhir, que preside o Departamento de Radiologia da Faculdade de Medicina da Universidade de Stanford e tem trabalho com o Dr. Andrew Conrad, um biólogo molecular de 50 anos de idade, responsável pelo Baseline. “O Google não estará livre para fazer o que quiser com esses dados”, completou.

As informações incluirão genomas dos pacientes, história genética dos pais dos participantes, bem como informações sobre como eles metabolizam alimentos, nutrientes e medicamentos, o quão rápido seus corações batem sob stress e como as reações químicas mudam o comportamento de seus genes.

O Google disse ao WSJ que as informações coletadas a partir do estudo serão anônimas e seu uso será limitado a fins médicos e de saúde. Os dados não serão compartilhados com planos médicos, acrescentou a empresa.