Nova técnica promete resultado de lipoaspiração sem cirurgia

I-Lipo usa laser para furar membrana de células de gordura, que é eliminada pelo corpo. Na primeira sessão, seria possível perder até 3 centímetros de gordura

São Paulo – Imagine algo que oferecesse o mesmo resultado de uma lipoaspiração, mas que não envolvesse os riscos de uma cirurgia. Esta é a promessa da I-Lipo, nova técnica à base de laser disponível no Brasil.

De acordo com a clínica paulista Deep Laser, o tratamento pode eliminar de 1 a 3 centímetros de gordura do paciente já na primeira sessão. Realizadas uma vez por semana, elas duram cerca de 30 minutos.

O tratamento básico é composto de 10 sessões e pode reduzir em até 10 centímetros a quantidade de gordura do paciente em qualquer parte do corpo. 

“É um procedimento indolor, que fura e assim esvazia a célula gordurosa”, afirmou Sueli Domingues, representante da Deep Laser, em entrevista à EXAME.com.

Na prática

Na prática, a I-Lipo funciona assim: submetidas à ação de um laser de baixa potência, as membranas das células de gordura se rompem. Uma vez fora delas, a gordura é eliminada pelo organismo.

AFP/Archivos

Segundo Sueli, as mulheres ainda são maioria entre aqueles que fazem o tratamento – embora homens já representem 40% do público.

Para ela, a grande vantagem da I-Lipo em relação à lipoaspiração é o fato de ser uma técnica menos invasiva. “A pessoa não precisa tomar anestesia e volta à vida normal logo depois”, afirma.

Tratamento estético

A representante da Deep Laser lembra que a I-Lipo é um tratamento estético. Sendo assim, não combate problemas de saúde como a obesidade.

De acordo com Sueli, a técnica não gera efeitos colaterais. Porém, não é aconselhada para grávidas e pessoas que sofrem de epilepsia, câncer ou estejam fazendo quimioterapia por conta de acelerar o metabolismo.

Na Deep Laser, uma sessão de I-Lipo pode sair por até 380 reais. Um tratamento completo pode ter, no máximo, 20 sessões – o que custaria 7.600 reais.