Notificações fazem Peixe Urbano vender mais no celular

Alertas foram responsáveis por 40% das vendas no smartphone

São Paulo – As notificações enviadas aos usuários do aplicativo do Peixe Urbano fizeram a empresa vender mais pelo celular do que pelo computador. O segredo é que o e-commerce fez valer o slogan “explore a cidade” e passou a mandar ofertas com base na localização do consumidor.

De acordo com dados do próprio Peixe Urbano compartilhados com EXAME.com, a quantidade de vendas foi de 51% no celular em agosto contra 49% que vêm de tablets e computadores. 

A maior parte das vendas da companhia é em smartphones Android, apesar do número de usuários do aplicativo no sistema do Google ser duas vezes maior do que a quantia de instalações em iPhones. Lançado em 2011, o aplicativo teve mais de 3 milhões de downloads.

As cidades que têm maior número de compras pelo app são Sao Paulo, Rio de Janeiro, Brasilia, Belo Horizonte e Fortaleza.

“Incentivamos muito a primeira compra, oferecemos até desconto. Depois da primeira vez, os dados de cartão de crédito já ficam armazenados e podem ser usados no futuro com poucos toques”, afirmou Daniel Blumenthal, gerente de design de produto e mobilidade do Peixe Urbano, em entrevista a EXAME.com. Os dados financeiros, como número de cartão de crédito, não ficam guardados nos servidores da empresa, mas nos das processadoras de pagamentos, como a Cielo.

Às notificações do app, são atribuídas 40% das vendas nos smartphones. Elas são enviadas quando o usuário entra no raio de 2 KM de um dos estabelecimentos parceiros da empresa. Mas a quantidade de mensagens que o app gera para o consumidor requer cuidado e Blumenthal aposta na aceitação do usuário pela conveniência.

“Se for assertivo e no momento certo, é bom para o usuário. Uma pessoa que sempre compra ingressos de cinema podem, por exemplo, receber mais notificações de compras de ingressos ao longo da semana. Buscamos oferecer uma experiência personalizada”, disse o executivo, que também avisa que o usuário pode desligar as notificações do app, caso queira.

O aumento de vendas no celular foi uma iniciativa do Baidu, que comprou a empresa brasileira em 2014 e acordou com o Peixe Urbano atingir essa meta. A empresa trouxe a cultura do uso de notificações para aumentar as conversões do mercado chinês de apps, onde essa tendência de usar smartphones para fazer pagamentos já é mais forte. 

Impulsividade

Quanto à impulsividade que esse modelo de compra pode gerar, Blumenthal conta que o cliente tem a opção de clicar e cancelar uma compra, mas o dinheiro não é estornado do cartão, e, sim, vira crédito virtual no Peixe Urbano. 

O estorno no cartão só acontece se o consumidor ligar para a central de atendimento ao cliente da companhia, entrar em contato pelo chat online ou pelo canal Fale Conosco.

Vale notar que outra coisa que as notificações do app fazem pelo consumidor é enviar alertas sobre promoções compradas que estão prestes a expirar. Com isso, nada mais de perder aquele rodízio que você comprou no mês passado – e nem lembra mais quando vence.

Confira abaixo a relação das oito cidades que têm maior representatividade de vendas por smartphones no Peixe Urbano.

Cidade % de vendas
São Paulo 65
Guarulhos 62
Vitória 61
Alphaville 59
Florianópolis 58
Rio 58
Grande ABC (SP) 57
Brasília 57