Nokia dá mais detalhes sobre seus novos smartphones com Android

A empresa confirmou que irá vender os aparelhos no primeiro semestre de 2017

São Paulo – A Nokia tem uma novidade que vai deixar os órfãos de seus smartphones e celulares muito ansiosos. A empresa, segundo seu site oficial, irá lançar um aparelho rodando o sistema Android já no primeiro semestre de 2017.

“Estamos abrindo novas e extraordinárias possibilidades para bilhões de pessoas. Estamos apenas começando com a chegada de novos smartphones em 2017”, informa a nova página no site da Nokia. “Estamos ocupados trabalhando em smartphones Nokia que rodem Android.”

O site não revela detalhes sobre os novos aparelhos. Contudo, de acordo com o site especializado CNET, a HMD Global – fabricante que adquiriu a divisão de telefones da Nokia no início desse ano – sugeriu recentemente que serão feitos dois dispositivos com corpo de metal, resistentes à água e com Android Nougat (a versão mais recente do sistema) instalado.

A novidade marca o retorno definitivo dos smartphones da Nokia depois que a Microsoft, que comprou a divisão de telefonia da empresa em 2014, descartou a marca Nokia em favor da Lumia. Agora, o que nos resta é esperar que o aparelho retorne com aquela característica tradicional de seus antigos celulares: uma bateria de fôlego.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. João Pedroca

    Marina, quando você escreveu ¨…depois que a Microsoft, que comprou a divisão de telefonia da empresa em 2014, descartou a marca Nokia em favor da Lumia.¨

    Na verdade ela tentou comprar, mas quando o acordo foi assinado, em 2013, a Nokia aceitou vender as patentes, fábricas, o nome Lumia, etc. Porém o nome Nokia somente seria vendido para feature phones (por 10 anos de uso e não para sempre), ou seja, aqueles celulares básicos com lanterninha e que só funciona na rede 2G.
    O nome Nokia para smartphones foi cedido por 18 meses, e este deveria ser devolvido para a Nokia Corporation em 31/12/2015. Data esta que a Nokia Corporation retomava o controle pleno do uso do nome Nokia em smartphones.

    O quê aconteceu é que a HMD Global (empresa finlandesa recém criada) e a Foxconn compraram o ativos de feature phones da Microsoft (incluindo o uso do nome Nokia em celulares feature phones por 10 anos) pelo valor de US$350 milhões.
    Na mesma época, a HMD Global anunciou um acordo com a Nokia Corporation para ter o direito de utilizar o nome Nokia em smartphones (lembra que depois de 31/12/2015 o nome Nokia em smartphones voltou para a Nokia Corporation? Então…) pelo período de 10 anos.
    E durante esse tempo ela pagará royalties para a segunda por cada aparelho vendido.
    Este último acordo não foi uma compra, não envolveu dinheiro imediato e sim royalties a partir de 2017.

    É possível perceber que a Nokia Corporation fez um grade acordo, apesar de ter vendido por um valor bem ¨baixo¨ a divisão mobile para a Microsoft, já que até 2006~2008 ela ocupada posição de destaque no mercado. Porém vendeu tudo, várias patentes, fábricas, funcionários; e agora com o nome em seu direito, pode ganhar dinheiro cedendo-o para outra empresa vender em seu nome.

  2. João Pedroca

    Na verdade cometi um equívoco, a Microsoft não comprou as patentes, as patentes continuam com a Nokia Corporation. Da mesma forma que o nome Nokia para feature phones tinha sido licenciado por 10 anos, as patentes também.

    A Nokia fez uma ótima jogada nessa transação.