Na Itália, 34% das pessoas nunca usaram internet

Mais de um terço dos italianos nunca usaram a Internet, revela uma pesquisa

Bruxelas – Na Itália 34% das pessoas nunca usaram a internet, revelou uma pesquisa realizada pelo Instituto de pesquisa Europeu Eurostat, que analisou o uso da internet entre os países da União Europeia (UE) em 2013.

A Itália apresenta o pior índice entre os 28 países da UE depois do da Romênia (42%), Bulgária (41%) e Grécia (36%). Em média na UE 21% das pessoas nunca usaram a internet, revela o estudo.

A Itália está entre os últimos na classificação do Eurostat também no que se refere aos seus cidadãos que usam a internet todos os dias. No país 54% fazem uso deste instrumento diariamente, enquanto que a média geral na UE é de 62%.

A Espanha registra o mesmo percentual italiano que está a frente da Croácia, Chipre, Lituânia, Portugal, Polônia, Grécia, Bulgária e Romênia.

A pesquisa revela que 69% das famílias italianas têm acesso à internet e 68% à banda larga, enquanto que média na UE é de 79% e 76% respectivamente.

O estudo mostra ainda que apenas 21% dos italianos usa individualmente a internet para acessar as instituições públicas enquanto que a média da UE é de 41%. Este número aumenta para 27% quando se trata de enviar a declaração do imposto de renda, já no bloco europeu este índice é de 44%.

A Itália se destaca quando se trata de inscrições em escolas ou universidade através da internet, 21% dos cidadãos usa este instrumento contra 9% da média da UE.

Já para outros serviços governamentais como solicitações de documentos pessoais ou previdência social são apenas 15% dos italianos diante de 20% da UE que usam este recurso, mostra a Eurostat.