Mudança permite que Twitpic venda imagens

De acordo com novas regras, os usuários mantêm os direitos sobre as imagens, porém dão permissão ao Twitpic para explorar as fotos com fins comerciais

São Paulo – Uma recente mudança nos Termos e Condições do serviço Twitpic gerou confusão entre os usuários do programa compartilhador de fotos no Twitter.

De acordo com o novo Termo, os usuários mantêm os direitos sobre as imagens (copyright), porém dão permissão ao Twitpic para explorar as fotos com fins comerciais.

O assunto ganhou mais polêmica com a assinatura de um contrato entre o Twitpic e a agência de notícias Wenn, que permite a venda de fotos de celebridades publicadas pelo programa. Porém, Noah Everett, fundador do Twitpic, procurou tranquilizar os usuários.

“Nosso objetivo com o Twitpic desde o início foi criar a melhor forma de compartilhar suas fotos e vídeos no Twitter e de sempre manter os interesses dos usuários em primeiro lugar. Você, usuário, continuará a ter os direitos sobre suas imagens e vídeos”, afirmou Everett em um post no blog oficial da empresa.

Esse tipo de termos e condições se aplica a diversos outros sites de compartilhamento de imagens como o Color, yFrog, Instagram, Flickr e Lockerz.

A diferença do Flickr, no entanto, é que o serviço oferece diversas opções de licenças (em Creative Commons) que permitem que as imagens sejam compartilhadas gratuitamente ou somente através de pagamento do dono da mesma, por exemplo.

Porém, Everett ressalta que os usuários do Twitpic não precisam aceitar que qualquer site ou empresa utilize suas imagens ou vídeos sem permissão. A decisão da empresa tem como objetivo facilitar a troca de fotos publicadas por celebridades.