Motorola reduz capacidade da bateria de seu principal smartphone

Medida deixou o smartphone mais fino e fabricante promete mesma duração de bateria do antecessor

São Paulo – A Motorola lança hoje (1º) a segunda geração do Moto Z Play, que tem mais espaço de armazenamento e menor capacidade de bateria do que o antecessor.

O Moto Z2 Play chega ao mercado com 64 GB de espaço para apps e arquivos e bateria com capacidade de 3.000 mAh. A fabricante informa que diminuiu a capacidade de carga do produto para aliar o melhor do design, visto no Moto Z—o mais fino do mercado brasileiro— com a melhor duração de bateria, que era a do Moto Z Play.

Segundo a empresa, otimizações de software melhoraram a eficiência do produto, que conta com processador Qualcomm Snapdragon 626 e 4 GB de memória RAM. A ideia é que o Moto Z2 Play tenha tanta autonomia de uso diário quanto o seu antecessor. Nos testes do INFOlab, o Moto Z Play conseguiu entregar mais de 20 horas de simulação de uso intenso, o que é o suficiente para dois dias de bateria, com uso moderado.

As câmeras do Moto Z2 Play também melhoraram. A principal agora tem abertura de f/1.7 para captar melhor fotos em locais pouco iluminados. O sensor é de 12 megapixels.

Moto Z2 Play Smartphone Moto Z2 PLay: smartphone chega às lojas a partir de hoje

Moto Z2 PLay: smartphone chega às lojas a partir de hoje (Motorola/Reprodução)

A câmera frontal ganhou mais atenção nesse novo produto. Ela tem agora sensor de 5 megapixels e flash duplo para permitir que vocês faça selfies em qualquer lugar.

O Moto Z2 Play chega ao mercado, no varejo e a operadoras, a partir de hoje, com preço sugerido de 1.999 reais.

Apesar de ser um modelo Play, a Motorola vê a linha Moto Z como principal em seu portfólio.

A empresa também venderá o smartphone com combos de acessórios, como é o caso de um controle para jogos, uma bateria adicional e um amplificador de som da JBL. Os preços desses combinados começam em 2.199 reais e vão até 2.699 reais. Em até 90 dias a partir de hoje, todos os acessórios devem estar no mercado brasileiro.

Esses acessórios em questão são chamados Moto Snaps. Eles se acoplam ao smartphone de maneira simples, basta encaixar e usar. Eles ficam grudados ao aparelho por magnetismo e também se encaixam na saliência da câmera.

Como a Motorola prometeu dez meses atrás, quando lançou os primeiros Moto Z no Brasil, os Snaps são compatíveis por três anos. Com isso, o primeiro Moto Z Play é compatível com os novos acessórios plug and play.