Motorola lança smartphone com foco na bateria por menos de mil reais

Moto E5 Plus chega com bateria de 5.000 mAh e promete até 40 horas de uso com uma única carga

São Paulo – A Motorola lança nesta semana no Brasil o smartphone Moto E5 Plus, um aparelho que tem longa duração de bateria como principal recurso e preço sugerido de 949 reais. O novo celular rivaliza com produtos como o Galaxy J2 Prime e o Zenfone 4 Max.

Com carregador TurboPower na caixa, que promete recarga rápida, o smartphone pode oferecer até 40 horas de uso, de acordo com a fabricante. Sua bateria tem capacidade de 5.000 mAh, o que é mais do que a média do mercado, é de 3.000 mAh.

Moto-E5-Plus Moto E5 Plus: aparelho tem bateria de 5.000 mAh

Moto E5 Plus: aparelho tem bateria de 5.000 mAh (Lucas Agrela/Site EXAME)

O Moto E5 Plus tem tela de 6 polegadas com resolução HD e, assim como o Moto G6, sua proporção é de 18:9. Até pouco tempo atrás, o normal era que os celulares tivessem telas 16:9, um pouco menos alongadas do que as que chegam agora ao mercado devido à tendência de telas infinitas. A proposta de fabricantes como Xiaomi, Samsung, LG e Motorola é aproveitar a parte frontal tanto quanto possível, reduzindo o tamanho das bordas laterais.

Moto-E5-Plus-back Moto E5 Plus: dispositivo tem revestimento em vidro

Moto E5 Plus: dispositivo tem revestimento em vidro (Lucas Agrela/Site EXAME)

O novo smartphone da Motorola tem sensor de impressões digitais, câmeras de 12 megapixels (traseira) e 5 megapixels (frontal), processador Snapdragon 425 (com clock de 1,4 GHz), 16 GB de espaço de armazenamento e 2 GB de memória RAM.

O aparelho deve chegar às lojas físicas a partir da próxima semana, mas já está à venda no site oficial da fabricante. O preço do novo Moto E5 Plus está dentro do que o brasileiro está disposto a pagar por um smartphone. De acordo com a consultoria IDC, o ticket médio do segmento é de 1.118 reais, segundo dados referentes ao terceiro trimestre de 2017.