Motorista poderá registrar ocorrências pela internet

O objetivo da medida é levar comodidade aos motoristas e reduzir a demanda nas unidades da Polícia Militar que fazem esse tipo de registro

São Paulo – A partir da próxima segunda-feira, os motoristas que se envolverem em acidentes de trânsito sem vítimas poderão registrar a ocorrência pela internet, por meio da Delegacia Eletrônica da Polícia Civil. O objetivo da medida é levar comodidade aos motoristas e reduzir a demanda nas unidades da Polícia Militar que fazem esse tipo de registro.

Em 2010, o Comando de Policiamento de Trânsito (Cptran) registrou 143.788 ocorrências de acidente de trânsito sem vítimas. Além dos acidentes sem vítimas, a Delegacia Eletrônica registra ocorrências de furto de veículos, desaparecimento de pessoa, furto e perda de documentos, furto e perda de celulares, furto e perda de placas de veículos e encontro de pessoas desaparecidas. Também é possível complementar e acompanhar os boletins de ocorrência.

A nova ferramenta entrará em caráter de experiência no site da Secretaria da Segurança Pública (www.ssp.sp.gov.br). Para acessá-la, basta clicar no ícone da Delegacia Eletrônica. Para os motoristas que não têm acesso à internet, a Secretaria de Segurança Pública garantiu que as unidades da Polícia Militar manterão o atendimento atual.