Moto G4 Plus é o melhor Moto G já lançado

Este é o Moto G mais cheio de tecnologias já lançado pela Lenovo

logo-infolab

São Paulo – – O Moto G4 Plus é o quarto integrante da linha de maior sucesso da Lenovo. Foram 16 milhões de unidades vendidas desde 2013, quando o primeiro gadget da família foi apresentado. Agora, o produto tem uma tela grande, câmera com foco a laser e um leitor biométrico que permite que você desbloqueie a tela usando a sua impressão digital.

Design

O design do Moto G4 Plus ficou bem diferente da geração passada. Não há mais a medalhinha de metal com a letra M, símbolo da extinta marca Motorola. A parte de trás do smartphone é toda de plástico e pode ser trocada por outra capinha de cor diferente.

A ergonomia não é muito prejudicada, apesar deste ser o maior Moto G já feito.

A tela tem 5,5 polegadas com resolução Full HD e não apresentou problemas de distorção ou saturação de cores. A ergonomia não é muito prejudicada, apesar deste ser o maior Moto G já feito.

Vale notar que não há proteção contra submersão neste produto, somente contra respingos.

Câmera

A câmera principal de 16 MP do Moto G4 Plus se destaca por conta com foco a laser.

Na prática, isso significa que o foco é definido com base na luz emitida pela câmera. Com isso, a detecção de objetos da cena é extremamente veloz. Outra vantagem desse método é que ambientes pouco iluminados não são problema para essa câmera.

A detecção de objetos da cena é extremamente veloz.

O nível de detalhamento da imagens é mais alto do que nos demais Moto Gs. Para efeito de comparação, a qualidade da câmera principal é parecida com a do seu principal concorrente, o Samsung Galaxy J7.

 

 

 

No entanto, ele perde para o seu rival no quesito câmera frontal. As imagens são tiradas com 5 MP e há um flash na tela que ajuda a melhorar a iluminação quando necessário. Há HDR, um recurso que captura mais de uma foto com tempos de exposição diferentes e as combina em um só resultado. Para que a imagem fique realmente boa, é preciso que o smartphone esteja em uma base firme, como um tripé.

 

 

 

Configuração

Por dentro, o Moto G4 Plus tem o processador Qualcomm Snapdragon 617 octa-core, 2 GB de memória RAM, 32 GB de armazenamento, suporte para cartões microSD e dois chips de operadoras. Um detalhe curioso é que o aplicativo CPU-Z, que mostra os componentes internos de gadgets, indicou que o Moto G4 Plus analisado neste review tem processador Snapdragon 615. No entanto, isso parece ser um bug do app. Todo o material oficial sobre o aparelho indica que ele tem um Snapdragon 617 e vamos considerar que ele, de fato, tem esse processador.

Em termos práticos, é possível executar aplicativos de redes sociais, fotografia ou produtividade sem problemas. Nos games, nem tanto. A GPU Adreno 405 deixa jogos com processamento gráfico pesado mais lentos. Claro, sempre dá para jogar Candy Crush sem lags.

Nos benchmarks, o Moto G4 Plus se mostrou o melhor Moto G já criado, mas ainda perdeu para o LG K10 em alguns testes.

Sistema

Quem temia uma modificação pesada na interface do Moto G pode ficar tranquilo. O Android Marshmallow continua sem grandes mudanças e com poucos apps instalados de fábrica. Esse smartphone não tem o Google Now sempre ativo, como em todos os integrantes da família Moto X. Por isso, o app Moto tem poucas opções de personalização.  Uma das coisas mais legais de todos os smartphones da linha Moto é a Moto Tela, que mostra notificações sem que seja preciso desbloquear o aparelho. Outro detalhe bacana que é uma implementação de hardware e software a sensibilidade ao movimento, que ativa a exibição de data e horário logo quanto tiramos o aparelho do bolso.

Bateria

A bateria do Moto G4 Plus foi melhor do que a do Moto G de terceira geração. No teste do INFOlab, o produto aguentou por 9h40.  O número é bom, mas está longe das 14 horas obtidas pelo Galaxy J7 sob as mesmas condições.

Vale a pena?

O Moto G4 Plus é um smartphone interessante para quem quer um produto com leitor biométrico, uma duração de bateria razoável e um sistema Android sem modificação pesada de interface. A câmera principal é boa para a sua categoria, mas a frontal poderia ter mais recursos e registrar cenas com maior precisão. Em linhas gerais, o Moto G4 Plus é o melhor Moto G já criado e quem comprá-lo não deve se arrepender. Ficha técnicaAvaliação técnica

AnTuTu (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
Moto G Plus 42489
LG K10 31954
Vellamo (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
Moto G Plus 2137
LG K10 2530
Geekbench (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
Moto G Plus 2158
LG K10 2521
Basemark OS II (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
Moto G Plus 660
LG K10 640
Processador Qualcomm Snapdragon 617
CPU Quad-core 1.5 GHz Cortex-A53 e quad-core 1.2 GHz Cortex-A53
GPU Adreno 405
RAM 2 GB
Armazenamento 32 GB + microSD de até 256 GB
Tela 5,5” (1080 x 1920 pixels)
Peso 155 g
Bateria 3000 mAh
Câmeras 16 MP e 5 MP
Prós Boa câmera, bateria razoável, sensor de digital.
Contras Câmera frontal poderia ser melhor
Conclusão Melhor versão do Moto G disponível no mercado atualmente
Configuração 8.0
Usabilidade 8.0
Foto 8.3
Bateria 8.8
Design 8.5
Média 8.3
Preço R$ 1.499