Ministério das Comunicações quer internet em escolas rurais

Paulo Bernardo, ministro das Comunicações, reuniu-se com Fernando Haddad, ministro da Educação, para tratar da conexão das escolas rurais à internet

São Paulo – O Ministério das Comunicações divulgou nesta quarta-feira que Paulo Bernardo, ministro das Comunicações, reuniu-se com Fernando Haddad, ministro da Educação, para tratar da conexão das escolas rurais à internet.

Haddad diz que o MEC anunciará, por orientação da presidenta Dilma Rousseff, um plano de internet com enfoque em escolas no campo. O ministro da educação diz que o programa inclui infraestrutura das escolas, formação de professores e transporte escolar. Haddad afirma que a falta de conexão a internet ainda é uma dos principais entraves da educação no campo.

Como este é um projeto de médio prazo, com início previsto para 2013, Bernardo comprometeu-se a utilizar pontos Gesac, um programa do governo com enfoque na inclusão digital, para levar conexão às escolas rurais. A ideia discutida na reunião é remanejar os pontos Gesac localizados em áreas já atendidas com outras tecnologias, como cabos de fibra óptica, para regiões onde ainda não há acesso à rede.

O ministro das Comunicações diz que uma das prioridades do MiniCom é levar conexão à zona rural. “Um dos mecanismos para isso será a licitação da faixa de frequência de 450 MHz, prevista para abril do ano que vem, que colocará como obrigação para as empresas vencedoras o atendimento das escolas”, segundo Bernardo.

“Antigamente, as pessoas não queriam ficar no campo porque não havia estradas e hospitais. Hoje, elas não querem ficar porque não tem internet”, diz Bernardo.

De acordo com Haddad, ao conectar as escolas, toda a população da região é incluída, considerando que esses espaços podem funcionar como telecentros comunitários durante os finais de semana. “Não se tira o campo da situação em que ele está, se não tiver conexão à internet”, enfatizou o ministro em nota à imprensa.