Microsoft pode lançar nova versão do Windows em 2013

Isso aproximaria a empresa ao modelo de negócios ao da Apple, que apresenta novas versões de seus gadgets anualmente

São Paulo – A Microsoft pode mudar sua estratégia e começar a lançar novas versões do Windows anualmente. A primeira delas viria já em 2013, disseram fontes próximas à empresa ao jornal Financial Times.

A popularização dos dispositivos móveis – tablets e smartphones – seria um dos fatores que empurrariam a empresa para a mudança.

Com isso, a Microsoft aproximaria seu modelo de negócios ao da Apple, que apresenta novas versões de seus gadgets anualmente, além de atualizar seus sistemas operacionais fixo e móvel.

Hoje, o intervalo médio entre cada edição do Windows é de três anos.

“Eles demoraram cinco anos para responderem ao iPhone. Não podem cometer o mesmo erro novamente”, apontou o analista da Forrester Research, Frank Gillett.

Ao mesmo tempo, atualizações anuais do Windows poderiam gerar uma crise da empresa com o mercado corporativo, seu principal grupo de clientes. Além dos custos, as mudanças também gerariam instabilidade nos processos das empresas.

Em assembleia anual com acionistas realizada nesta semana, o CEO da Microsoft, Steve Ballmer, admitiu que a empresa deveria ter agido antes para entrar no mercado de tablets.

Desde o lançamento do Windows 8, no dia 26 de outubro, a empresa já vendeu 40 milhões de licenças do produto.

Segundo a executiva-chefe de marketing do Windows, Tami Reller, o novo sistema operacional está superando as vendas do Windows 7 no mesmo estágio.