Microsoft anuncia que irá demitir 18 mil funcionários até 2015

Das 18 mil posições, 12.500 delas serão representadas por ex-funcionários da Nokia

A Microsoft anunciou hoje o seu maior corte de funcionários da história, que afetará 18 mil empregados até o próximo ano.

Em memorando enviado para todos os funcionários da empresa na manhã desta quinta-feira, o CEO Satya Nadella afirma que os ex-funcionários da Nokia representarão 12.500 das posições fechadas. “Estamos caminhando para começar a reduzir as primeiras 13 mil posições, e a grande maioria dos funcionários que será demitida será notificada nos próximos seis meses”, diz.

Segundo o site The Verge, ainda que esse número seja significativo, não é muito surpreendente que a Microsoft esteja cortando suas equipes da Nokia. Afinal, após concluir a compra da divisão de celulares, a empresa havia prometido economizar 600 milhões em custos anuais dentro de 18 meses.

A redução no número de funcionários marca a maior reestruturação já realizada pela fabricante de software, que em 2009 havia cortado 5.800 empregos. A empresa atualmente conta com mais de 125 mil funcionários.

No memorando, Nadella ainda afirma que as reduções são direcionadas para dois resultados: a simplificação do trabalho, bem como o alinhamento estratégico na integração entre o núcleo móvel da Nokia e seus serviços. Mais detalhes sobre as mudanças na companhia devem ser anunciados em 22 de julho, dia em que será realizada a reunião de resultados da empresa.

 

Agora confira quais foram os 10 arrependimentos na história da tecnologia:

              Clique para abrir o link no navegador
Embed da galeria:
Clique para abrir o link no navegador