Microsoft é alvo de hackers

"Assim como Facebook e Apple já relataram, a Microsoft também pode confirmar que foi alvo de intrusões similares recentemente", disse o diretor de segurança da empresa

A Microsoft juntou-se a Facebook e Apple na lista de gigantes americanos das tecnologias que foram alvo de hackers recentemente.

“Assim como Facebook e Apple já relataram, a Microsoft também pode confirmar que foi alvo de intrusões similares recentemente”, postou nesta sexta-feira o diretor de segurança da empresa, Matt Thomlinson, num blog.

“Durante as nossas investigações, encontramos um pequeno número de computadores infetados por softwares malignos que usam tecnologias similares às que foram denunciadas por outras organizações”, acrescentou.

Thomlinson ainda disse que não tinha provas de que dados de clientes foram roubados, mas explicou que continua investigando os ataques de hackers.

“Este tipo de ataque cibernético não é nenhuma surpresa para a Microsoft ou para outras empresas que estão acostumadas a lutar com adversários determinados e persistentes”, completou.

Na terça-feira a Apple disse à AFP que “um vírus foi espalhado através de um site para desenvolvedores de softwares”.

Já o Facebool disse que o vírus que atingiu algumas de suas máquinas veio de um site de desenvolvedores de tecnologia móvel.

Os autores dos ataques cibernéticos ainda não foram identificados, mas alguns especialistas suspeitam hackers chineses ou facções de crime organizado do Leste europeu.