Microsoft admite que nome “Surface RT” causou confusão

A Microsoft abandonou o uso da marca “RT” após admitir que o nome causava confusão entre os consumidores

São Paulo – A Microsoft abandonou o uso da marca “RT” para a segunda geração do seu tablet Surface após admitir que o nome causava confusão entre os consumidores. 

O gerente de produtos da Microsoft, Jack Cowett, disse que a próxima versão do tablet é chamada de Surface 2 e não mais Surface RT. 

“Acreditamos que houve uma confusão no mercado no ano passado sobre a diferença entre o Surface RT e o Surface Pro. Queremos facilitar esta informação para o consumidor e estes são dois produtos diferentes desenvolvidos para dois grupos distintos de pessoas”, disse o executivo ao site ARN

A confusão foi causada devido ao tablet utilizar a versão Windows RT do sistema operacional em vez do modelo completo Windows 8, e que eram vendidos ao mesmo tempo. 

O Windows RT – uma versão mais limitada do Windows 8 – utiliza apenas o Microsoft Office e alguns programas utilitários e não traz suporte para boa parte dos aplicativos.

A Microsoft não conseguiu explicar com precisão as diferenças entre os dois sistemas aos consumidores e foi pressionada por empresas parceiras como Dell e Samsung a abandonar o uso da marca “RT”. 

A segunda geração Surface 2 vem pré-carregada com a versão Windows RT 8.1 do sistema operacional e traz uma versão completa do pacote Microsoft Office 2013 RT. 

Além disso, o novo tablet traz tela full HD, bateria com 10 horas de duração, melhorias nas configurações e opções para acessar o aparelho pela visualização no estilo Metro (live tiles).

O Surface 2 foi anunciado em setembro pela Microsoft, juntamente com o modelo Surface Pro 2. Os aparelhos serão lançados no dia 22 de outubro.