Microsoft adiciona IA a busca de imagens e contexto no Bing

A Microsoft anunciou novidades relacionadas ao seu buscador, o Bing

A Microsoft, que luta para melhorar sua capacidade em pesquisa na internet e para mostrar seu valor no cada vez mais competitivo campo da inteligência artificial, está adicionando recursos ao Bing que melhoram as buscas de imagens e oferecem aos usuários mais contexto nas respostas.

O recurso para imagens permite que os usuários limitem pesquisas a pedaços de imagens, como no caso de uma busca por colares parecidos com o colar de uma mulher de uma foto maior, por exemplo. Uma atualização do recurso “intelligent answers” (“respostas inteligentes”) oferece aos usuários fragmentos de diversas respostas e fontes verificadas, um aceno ao combate às “fake news” e aos sites desonestos.

Já a “pesquisa de conversação”, recurso que a Microsoft trabalha para melhorar há anos, se soma à capacidade do usuário de construir consultas simples em inglês e obter um resultado útil — a Microsoft mostrou respostas para a busca “Filmes dirigidos por Steven Spielberg e estrelados por Tom Hanks”.

“A pesquisa de conversação usa aprendizado de máquina em grande escala, por isso só vai melhorar ao longo do tempo”, disse Kristina Behr, gerente da equipe de IA da Microsoft, em evento de exibição do trabalho da empresa, em São Francisco.