Médico com ebola receberá tratamento na Itália

Paciente não foi identificado e é o primeiro a receber tratamento no país para a doença

O Ministério da Saúde da Itália informou nesta segunda-feira (24) que um médico italiano que estava na Serra Leoa foi diagnosticado com o ebola e será transferido para Roma para receber tratamento.

Em declaração, o governo afirma que o profissional de saúde trabalha para a organização não-governamental Emergency e chegaria na noite desta segunda-feira para tratamento no Instituto Nacional Lazzaro Spallanzani para Doenças Infecciosas. O paciente não foi identificado e é o primeiro a receber tratamento no país para a doença.

A ministra da Saúde, Beatrice Lornezin, disse que o médico apresentou febre e outros sintomas durante a noite, mas estava bem o suficiente para tomar café da manhã. Segundo Lornezin, todas as medidas estão sendo tomadas para garantir o translado seguro do paciente.

Segundo um porta-voz do governo, as primeiras atualizações sobre o estado de saúde do médico devem ser divulgadas na manhã da terça-feira. Fonte: Associated Press.