MakerBot quer uma impressora 3D em cada escola dos EUA

Crianças poderão criar seus próprios objetos 3D para aprender sobre diversos temas na prática

Inspirada no plano de criação de empregos nos Estados Unidos, especialmente na área de manufatura, estabelecido pelo presidente Barack Obama, a MakerBot lançou uma iniciativa para disponibilizar uma impressora 3D em cada escola do país.

A iniciativa, chamada de MakerBot Academy Initiative, consiste em uma parceria com o site de financiamento coletivo DonorsChoose.org. Professores do K-12 (educação primária e secundária) podem inscrever suas escolas no site, solicitando um kit MakerBot. Esse pacote inclui uma impressora 3D MakerBot Replicator 2, três refis de plástico PLA usado na impressão e um plano de assistência técnica de um ano. A ideia é que as escolas recebam o kit através das doações até o final do ano.

Para acelerar o conhecimento, parte da iniciativa está no Thingiverse, um dos principais repositórios de modelos 3D. Lá, há um desafio para designers de objetos 3D ajudarem com modelos para ensinar matemática para as crianças. O ganhador levará pessoalmente um kit à escola de sua escolha, ganha três refis de filamento, uma camiseta e seu modelo ficará exposto no site com destaque.

A empresa MakerBot, notável por criar impressoras e digitalizadores de objetos em 3D, foi comprada este ano pela Stratasys em um acordo de 600 milhões de dólares. A iniciativa pode não só significar expandir seu mercado consumidor no futuro, mas também continuar à frente do que alguns convencionaram em chamar de próxima revolução industrial.