LinkedIn quer transformar todos em blogueiros

Antes restrito a perfis de 500 personalidades, recurso de publicação de textos já está disponível para 25 mil usuários com páginas em inglês

São Paulo – A partir de hoje, o LinkedIn conta com uma nova plataforma de publicação de conteúdo. Inicialmente disponível para 25 mil usuários com perfis em inglês, a novidade será progressivamente expandida para todas as pessoas com páginas na rede social

“Todo profissional tem experiências de valor para compartilhar”, afirmou Ryan Roslansky, chefe de conteúdo do LinkedIn, em texto no blog do site sobre a nova plataforma.

Para sites como o Re/code, o novo recurso é um esforço do LinkedIn para deixar de ser um depósito de currículos – tornando as páginas da rede mais parecidas com blogs atualizados pelos usuários.

“Influencers”

Até hoje, o LinkedIn restringia a publicação de conteúdo a um seleto grupo de usuários. Batizada de “Influencers“, a tropa de elite da rede social apta a dar conselhos e compartilhar ideias foi formada em 2012 e conta hoje 500 personalidades de diferentes setores – entre elas, Barack Obama e Bill Gates.

Mesmo com todos os perfis habilitados a publicar conteúdo, o “Influencers” vai seguir existindo – englobando perfis que servirão como referência dentro do LinkedIn.

Reunindo hoje cerca de 277 milhões de usuários, a rede social voltada para assuntos profissionais já é mais popular que o Twitter nos Estados Unidos.