Lady Gaga decepciona em visualizações de novo vídeo

Madri - O volúvel mundo dos fã-clubes cria monstros que antes ou depois acabam 'fagocitando', e Lady Gaga, a 'mother monster', é sua última vítima (ou seu próprio...

Madri – O volúvel mundo dos fã-clubes cria monstros que antes ou depois acabam “fagocitando”, e Lady Gaga, a “mother monster”, é sua última vítima (ou seu próprio carrasco), ao fracassar na corrida pelo vídeo mais visto após a estreia de “Applause”.

A ex-rainha das redes sociais apresentou na última segunda-feira o clipe do single que fará parte de seu próximo álbum (“ARTPOP”), tão extravagante como sempre, com a cabeça da diva em um corpo de cisne negro, mas a criatividade de Haus of Gaga e o empenho de seus fãs em bater o recorde não foram suficientes.

A mulher que vendeu um milhão de cópias do álbum “Born this way”, apenas na semana de seu lançamento, alcançou quase sete milhões de visualizações, número muito inferior ao recorde.

Só nesse verão, o “vídeo mais visto nas primeiras 24 horas” mudou três vezes. Assim, os 10,6 milhões de reproduções do “Beauty & a beat”, de Justin Bieber, perderam o posto em junho para o vídeo de Miley Cyrus “We can”t stop”, que superou o anterior em 10 mil visualizações. Em julho, a “boy-band” britânica One Direction superou a marca de 12 milhões com a música “Best song ever”.

O “terreno principal” dessa competição musical é o canal Vevo, criado no YouTube por Sony, Universal e outras gravadoras para administrar diretamente seus vídeos.

Muitos usuários o utilizam como “a nova MTV” e montam suas próprias “playlists”. A revista Billboard, responsável pelas classificações oficiais na América do Norte, combina os dados do Vevo com os resultados das vendas para publicar as listas dos “hits” da semana.