Jony Ive, da Apple, vai desenhar edição limitada da Leica

De acordo com Andreas Kaufmann, dono da Leica, Ive irá desenhar uma única câmera especial para a marca e que será leiloada em prol de instituições de caridade

São Paulo – O respeitado, e poderoso, vice-presidente de design da Apple, Jony Ive, irá colocar a sua assinatura em mais um objeto de desejo, além dos que já levam o logo da Apple: vai desenhar uma edição limitadíssima de câmera fotográfica para icônica marca alemã Leica. Tão limitada que contará com apenas uma unidade. As informações foram divulgadas pelo site PetaPixel, especializado em fotografia.

Segundo o site, a revelação foi feita pelo próprio dono da marca, Andreas Kaufmann. Sem dar detalhes de como será a câmera, Herr Kaufmann limitou-se a dizer que a “linha” desenhada por Ive será composta por apenas uma unidade e que a ideia é vendê-la em um leilão.

Ainda de acordo com o PetaPixel, o evento deve ser realizado em parceria com o cantor Bono Vox, da banda irlandesa U2, e o valor conseguido será repassado para alguma instituição de caridade.

Leica

A primeira câmera da marca foi produzida nos idos de 1913, pelo engenheiro óptico alemão Oskar Barnack, a serviço da empresa Ernst Leitz, hoje Leica. Foi em 1925, porém, que a câmera começou a galgar o caminho para se tornar um dos maiores ícones da fotografia com o lançamento de uma compacta de 35 mm.

Favorita dos maiores fotógrafos da história, como o francês Henri-Cartier Bresson e também do brasileiro Sebastião Salgado, a Leica conta hoje com um portfólio formado por câmeras digitais e equipamentos para fotografia que agradam, e muito, os amantes desta arte.

É preciso, porém, ter bala na agulha para adquirir uma Leica para chamar de sua e sair capturando o mundo através de suas lentes. Esta semana, por exemplo, foram anunciadas cinco novas câmeras, cujos preços começam em 699 dólares e podem chegar até a casa dos 22 mil dólares, valores dignos de um automóvel, por exemplo.