Jogos digitais gerarão US$ 21,6 bi em 2004

SÃO PAULO – As receitas com jogos digitais alcançarão a cifra de 21,6 bilhões de dólares em 2004, segundo um estudo desenvolvido pela Datamonitor. Este valor representa um crescimento de 22 por cento no mercado de games nos próximos dois anos.

A pesquisa da Datamonitor revela que a região da Ásia-Pacífico continuará liderando este mercado, com uma receita de 7,6 bilhões de dólares em 2004. Mas os Estados Unidos chegarão bem perto, com 7,4 bilhões de dólares – o que o colocará como o maior mercado individual de games digitais do mundo. A Europa aparece na seqüência, com receita de 6,7 bilhões e o Reino Unido representando 30 por cento do total. Em qualquer um dos casos, o crescimento virá, principalmente, da venda de consoles – alavancadas, principalmente, pela presença de atrativos adicionais, em especial o DVD.

A Nintendo não deve perder seu reinado tão cedo neste mercado: a estimativa da Datamonitor é que a empresa tenha, no final de 2005, uma base instalada de 90 milhões de unidades para o PlayStation 2 – as causas do sucesso, no caso, são a força da marca, a prática de preços competitivos e e um catálogo de jogos que inclui títulos populares e de qualidade.

A estimativa da Datamonitor para o Xbox, da Microsoft, é bem menos promissora: 40 milhões de aparelhos em uso até o final de 2005. A marca irá se consolidar, diz a pesquisa, mas o preço inicial do Xbox (que já está caindo) será um dos fatores de maior influência para este crescimento menor.

Já a Nintendo, na visão da Datamonitor, não poderá competir com igualdade neste mercado principalmente devido à falta de iniciativas para partidas online.