iPhone XR: o novo iPhone “baratinho” da Apple

Novo aparelho da Apple tem recursos do iPhone XS, mas usa tela diferente e é menos resistente à água

São Paulo – A Apple anunciou hoje o iPhone XR, a versão mais simples do trio de novos smartphones da companhia. A principal mudança é na tela, que não é OLED, como a dos iPhones XS e XS Max. Em vez disso, ele tem um painel de 6,1 polegadas de LCD, que a Apple chamou de o mais avançado do mercado. Sua resolução, porém, é menor do que o padrão Full HD, 1.792 x 828 pixels.

A tela ocupa grande parte da frente do produto, como no iPhone X e nas versões XS. Por isso, a Apple colocou o sensor de reconhecimento facial Face ID no produto, em vez de usar o leitor de impressões digitais, como já fez no passado com modelos antigos do seu smartphone. A câmera frontal, de 7 megapixels, fica no topo do display, no entalhe central característico da edição passada do iPhone.

O aparelho tem câmera traseira única na parte traseira com sensor de 12 megapixels e recursos de melhoria de imagens em tempo real usando inteligência artificial em seu software. Ele é capaz de fazer fotos com fundo desfocado e, agora, permite também regular o quanto do fundo da cena ficará borrado depois da captura.

Veja também

A bateria do iPhone XR pode durar uma hora e meia a mais do que o iPhone 8 Plus, de acordo com a Apple. Fora isso, o aparelho também conta com o novo processador A12 Bionic, que a marca promete aumentar tanto a performance quanto a eficiência energética.

Outra diferença em relação aos seus irmãos de linha é que o iPhone XR tem mais opções de cores e tem proteção contra água igual à do iPhone X, enquanto houve uma melhoria nesse ponto. A certificação do XR é IP 67, enquanto a da dupla XS é IP 68. A diferença é que o smartphone “baratinho” pode ser mergulhado em até 1,5 m de profundidade, enquanto os modelos mais sofisticados

O aparelho estará disponível em versões com armazenamento de 64 GB, 128 GB e 256 GB por preços a partir de 749 dólares. Ainda não há previsão de lançamento ou preço do produto para o mercado brasileiro. Ele não apareceu em nenhuma das duas listas de países onde a Apple pretende lançar o iPhone XR nas próximas semanas. Ainda assim, o preço é mais baixo do que os a empresa determinou para o iPhone XS, de 1.000 dólares, ou para o iPhone XS Max, de 1.099 dólares.

Não é a primeira vez que a Apple lança uma versão de menor custo ao lado de um modelo mais sofisticado. O iPhone 5C, de 2014, também chegou junto com o iPhone 5s.