iPhone 6s pode ter câmera de 12 MP e mudanças no design

Previsões foram feitas pelo analista Ming-Chi Kuo, da KGI Securities, que tem histórico de acertos em relação à Apple

São Paulo – A próxima versão do iPhone deve trazer algumas boas melhorias de hardware. As informações foram publicadas pelo analista Ming-Chi Kuo, da KGI Securities. Vale dizer que Kuo tem um histórico de acertos, então é bom levar em consideração as suas publicações.

A primeira grande notícia é que o iPhone 6s (como vem sendo chamado) pode trazer mudanças de design. A principal delas, no entanto, não será perceptível.

O espaço interno pode sofrer mudanças para deixar o aparelho mais resistente. O motivo dessa escolha é solucionar a polêmica de que alguns iPhone 6 Plus estavam entortando.

Outra mudança que pode atingir somente o modelo de 5,5 polegadas é o uso de proteção de safira para o aparelho. Isso, de acordo com Kuo, ainda não é certo. A adoção da safira vai depender de como o material se sair em testes de resistência.

Outra novidade que o analista afirma que irá ocorrer é na câmera do smartphone da Apple. Pela primeira vez desde o lançamento do iPhone 4, a empresa deve aumentar a contagem de megapixels. O número subirá de 8 megapixels para 12 megapixels.

Um novo microfone deve ser adicionado nas proximidades das saídas de som para que a qualidade de ligações melhore.

Outras duas mudanças nas especificações devem acontecer. O iPhone 6s deve usar a próxima geração de processadores da Apple, o A9. A memória RAM também terá um salto de 1 GB para 2 GB – se igualando, assim, ao iPad Air 2. A Apple usa 1 GB de RAM desde 2012, quando lançou o iPhone 5.

Um recurso presente no Apple Watch deve chegar ao iPhone 6s: é o sensor de força. Aqui vale frisar que esse componente está causando todo o atraso na produção do relógio inteligente da empresa. Pode ser pouco provável, porém, que ele chegue na próxima geração ao iPhone.