Huawei segue Samsung e apresenta smartphone com tela dobrável

Chamado Mate X, smartphone pode ficar com display de até 8 polegadas

São Paulo – A chinesa Huawei seguiu os passos da rival Samsung e apresentou o seu primeiro smartphone com tela dobrável no Mobile World Congress, o maior congresso de celulares do mundo.

O dispositivo chamado Mate X tem 6,6 polegadas quando usado como smartphone e 8 polegadas quando está no modo tablet. Para efeito de comparação, ele é maior do que um Galaxy Note 9 no primeiro caso e maior do que um iPad Mini no segundo.

Huawei Mate X

 (Picture Alliance/Getty Images/Getty Images)

Design

O concorrente da Samsung tem opções de telas menores, sendo 4,6 e 7,3 polegadas. Ambos têm o mesmo problema de design: quando dobrados, eles ficam mais espessos do que os smartphones atuais. Ainda assim, o modelo da Huawei é mais fino do que o da Samsung. São 5,4 mm contra 6,9 mm. Em modo tablet, a espessura é convencional.

A principal diferença na forma como os smartphones são dobrados é que o da Samsung se dobra ao meio, enquanto o da Huawei tem a lateral dobrável.

O novo visual desses smartphones que têm telas dobráveis não deixou espaço para um item que tem gradualmente desaparecido dos aparelhos: entrada para fones de ouvido. Quem comprar algum desses dispositivos terá que utilizar fones de ouvido Bluetooth ou usar um adaptador P2 para USB Type-C.

5G

O Huawei Mate X será compatível com redes 5G, e ele deve chegar ao mercado junto com os primeiros serviços dessa nova conexão móvel de alta velocidade na Europa, o que está previsto para acontecer em meados de 2019.

Ficha técnica

Por dentro, o processador do Mate X Kirin 980, 8GB de RAM e 512GB de espaço na memória. A bateria não pode ser dobrada. Por isso, o Mate X tem duas, somando 4.500 mAh (a média de mercado é cerca de 3.000 mAh). Graças a um carregador de 55W (o da Samsung é de 25W), o smartphone da Huawei pode obter 85% de carga em 30 minutos. Pouco se falou na apresentação da Huawei sobre câmeras. Os destaques foram a câmera frontal com tecnologia da Leica e um modo de fotografia que mostra à pessoa fotografada uma prévia da imagem que será registrada, façanha permitida pela tela dobrável.

Preço

O Mate X tem preço sugerido de 2.600 dólares, mais caro que o a Samsung cobra pelo Galaxy Fold (1980 dólares), e ele ainda não tem previsão de lançamento para o mercado brasileiro – apesar de a Huawei planejar uma nova tentativa no mercado brasileiro.