Homem aparece em ‘selfie’ de iPhone supostamente roubado e se explica para a polícia

Tia do moço alegou ter comprado o telefone de um homem que disse que não tinha mais necessidade dele, pensando ter feito um 'bom negócio'

Depois de ter seu iPhone roubado em 30 de julho, uma mulher de Santa Clarita, na Califórnia (EUA), ativou a polícia local. Algum tempo depois, ela encontrou em sua conta do iCloud (serviço de nuvem da Apple) uma foto de uma ‘selfie’ de um casal e a entregou aos policiais. Mas o homem que aparece na foto alegou, durante essa semana, não ser nenhum ladrão.

Identificado como Larry Beltran Jr., ele disse que tudo não passou de um mal entendido e alegou ter ganhado o iPhone de uma tia, que o comprou por 80 dólares em uma reunião de trocas de objetos. Depois de a polícia divulgar a foto, diversos parentes do homem – identificado como Larry Beltran Jr. – começaram a ligar para seus pais para dizer que seu filho estava nos noticiários. 

“É embaraçoso. Eu não fazia ideia de que sairia em todos os noticiários, nem nada. Era algo apenas entre eu e minha namorada”, disse Beltran à NBC Los Angeles. A tia de Beltran alegou ter comprado o telefone de um homem que disse que não tinha mais necessidade dele, pensando ter feito um “bom negócio”. Ela disse, ainda, que não sabia que seu ato prejudicaria o sobrinho.

Deputados disseram à NBC nesta quinta-feira (21) que a família estava cooperando com os deputados na estação policial. Funcionários do xerife não quiseram comentar à rede de televisão e rádio se Beltran Jr. ainda era considerada uma pessoa de interesse.