Hackers invadem site americano e postam foto de Trump “apanhando”

Imagem foi exibida em página que divulga documentos oficiais do governo americano para o público

São Paulo – Um site do governo dos Estados Unidos foi invadido por hackers nesta primeira semana de 2020. A página do Federal Depository Library Programa, plataforma que libera documentos oficiais do governo americano ao público, foi substituída por uma montagem do presidente Donald Trump sangrando. A imagem já foi removida.

Ainda não se sabe a origem do ataque virtual, mas a suspeita é de que a ação tenha sido coordenada por hackers iranianos. A motivação, é claro, teria sido uma retaliação da ação americana que vitimou o general iraniano Qassem Soleimani e acirrou ânimos entre EUA e Irã. A invasão ocorreu no dia 4 de janeiro, um dia após a divulgação do ataque por drone que matou o militar.

Em posição oficial, o Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos emitiu um comunicado em que diz não saber se ação foi executada por “atores patrocinados pelo estado do Irã”. O órgão, porém, reconheceu que as imagens exibiam mensagens “iranianas e antiamericanas”.

Entenda o caso

No dia 3 de janeiro, a imprensa internacional divulgou que uma ataque executado por drones americanos matou o general iraniano Qassem Soleimani. Considerado um herói de guerra em seu país, o militar estava abaixo somente do líder supremo Ali Khamenei. Em resposta, o Irã prometeu retaliação ao ataque, o que gerou um clima de tensão no mundo com a possibilidade de uma guerra entre os dois países.